Política

Com PPP, estimativa é de instalação de 120 câmeras de monitoramento

Junto com a implantação das novas luminárias está prevista a instalação de 120 câmeras de monitoramento. Também será criado um Centro de Controle Operacional (CCO) dotado de monitores em funcionamento durante 24h
(Foto: Ilustrativa)

O projeto de Parceria Público-Privado (PPP) da iluminação pública não vislumbra apenas melhorias na visibilidade noturna de ruas, parques e avenidas de Guarapuava. A perspectiva é de ganhos nas áreas de segurança e trânsito do município.

É o que aponta o secretário municipal de Planejamento, Paulo Dirceu Rosa de Souza. Segundo ele, junto com a implantação das novas luminárias está prevista a instalação de 120 câmeras de monitoramento. “Servirão para a proteção do patrimônio que será investido”, diz, destacando que os equipamentos poderão ser utilizados também para a proteção do patrimônio público, contribuindo para a segurança e o trânsito.

A partir do momento que entrar em vigor a concessão do Parque de Iluminação de Guarapuava, será criado um Centro de Controle Operacional (CCO) dotado de monitores em funcionamento durante 24h. “A intenção é firmar um convênio futuro com a Polícia Militar para que coloque um agente lá dentro, além de um agente da Setran [Secretaria de Trânsito]”.

Nesse sistema, as câmeras permitirão o monitoramento de eventuais acidentes, casos de roubos/furtos e até mesmo o flagra de veículos acima da velocidade. Os vídeos ficarão gravados na “nuvem” da internet e estarão disponíveis para as forças de segurança e justiça.

“Com esse sistema, não vamos melhorar apenas a iluminação de Guarapuava, mas também a segurança do cidadão guarapuavano e dar uma chance de melhoria para o trânsito”, reforça o secretário.

Como exemplo, ele cita o caso de vandalismo da Praça da Ucrânia, ocorrido em 2017 quando um sujeito invadiu o espaço e fez manobras arriscadas com seu veículo. Em breve, esse tipo de ação será registrado pelas novas câmeras de monitoramento, em tempo real. Os equipamentos têm recursos de movimentação, aproximação, visão noturna, entre outros.

CALL CENTER

A concessão da iluminação pública de Guarapuava prevê a criação também de um call center, em que o cidadão poderá ligar e reclamar do serviço de iluminação, caso seja necessário.

Além disso, a Prefeitura pretende contratar um verificador independente para aferir se a concessionária está cumprindo os índices de qualidade estabelecidos. “E nós, Prefeitura de Guarapuava, através de um gestor e de um fiscal, vamos fazer a fiscalização tanto da concessionária quanto do verificador independente”.

 

LEIA MAIS

Proposta é de modernização do Parque de Iluminação

PPP quer modernizar gestão da iluminação pública de Guarapuava

Audiência pública apresenta PPP da iluminação pública de Guarapuava