Bibliotecas da Unicentro voltam a atender presencialmente

O retorno dos atendimentos, como explica o diretor-geral da biblioteca, Fabiano Jucá, foi feito de forma progressiva. Confira também na coluna: inscrições para oficinas culturais na Casa da Cultura, nova edição do jornal Cândido, Podcast da OSP, recursos para cultura, concurso literário do Depen

As bibliotecas da Unicentro, que estavam com horário de atendimento diferenciado em virtude da pandemia de coronavírus, retornaram com as atividades presenciais. Agora, os usuários podem circular pelos corredores e consultar o acervo disponível nas prateleiras. No Cedeteg e no Santa Cruz, o atendimento é realizado em dois turnos – pela manhã, das 8 horas ao meio-dia; e a tarde, entre 13h e 17 h. Já no campus Irati, o horário de atendimento diário é das 8h30 às 11h. As informações são do site unicentro.br

O retorno dos atendimentos, como explica o diretor-geral da biblioteca, Fabiano Jucá, foi feito de forma progressiva. “Depois que a cidade saiu da bandeira laranja e foi para a amarela, nós fomos liberando o acesso aos poucos, à medida que os números de casos ativos na cidade diminuíram. Quando caiu para menos de 1000 casos ativos, nós reabrimos, de fato, a biblioteca para o público, para atendimento não somente via guichê, mas também no local, no espaço de circulação, atendimento e acervo”.

Limite
De acordo com Fabiano, o limite de pessoas, simultaneamente, dentro da biblioteca, por enquanto, é de cinco pessoas. Os usuários podem circular normalmente pelo espaço e, inclusive, estudar no local. Porém, precisam seguir todos os protocolos de segurança. “O uso de máscara é obrigatório. Temos também dispensers de álcool gel na entrada das bibliotecas e a gente tem procurado evitar que as pessoas fiquem muito próximas nas mesas. Até o momento, em função do fluxo pequeno, nós não sentimos a necessidade de fazer agendamento para que eles estudem lá dentro”.

Devolução
Fabiano ainda lembra que a devolução dos livros – tanto os emprestados a partir de agora, quanto o acervo que já estava com os usuários das bibliotecas – também já foi retomada. “Inclusive, todo o material que ainda está emprestado desde o início da pandemia, lá em março de 2020, pode ser devolvido sem cobrança de multa” reforça.

Casa da Cultura
A Casa da Cultura de Guarapuava segue com as inscrições abertas para oficinas culturais. As aulas são para crianças e adultos e estão previstas para iniciar já nesta segunda-feira (2). As inscrições devem ser realizadas na rua Alcione Bastos, 1.821 – Alto da XV. Para mais informações entre em contato pelo número (42) 3621-4583.

Casa da Cultura 2
Para música, as vagas são ofertadas para duas turmas: segunda e terça-feira. As aulas são exclusivas para adultos no horário das 19 h. Ainda na música, para quem pretende ingressar na banda jovem ou na orquestra, há duas opções de dias e horários: segunda e na terça-feira, no período da manhã das 8h30 às 9h30 e das 10h às 11h. Também estão previstas abertura de vagas para o período da tarde, das 13h30 às 14h30 e das 15h às 16h.

Casa da Cultura 3
Para o canto coral, há vagas apenas para quarta e sexta-feira das 14h às 15h. As aulas acontecem na Casa da Cultura para o público acima de 10 anos de idade.

Casa da Cultura 4
Charge para caricaturas, para 9 a 16 anos de idade, no período da tarde com dois horários: das 13h30 às 15h e das 15h30 às 17h. Dança experimental para adultos, na segunda-feira, das 18h30 às 20h. Laboratório de artes visuais: inscrições abertas para público a partir de 7 a 10 anos de idade. Há vagas apenas para o período da tarde das 13h30 às 15h.

Casa da Cultura 5
Para a oficina de xadrez, as aulas acontecem nas quintas e sextas-feiras. No período da manhã e tarde.

Cândido
Está no ar o número 120 do jornal Cândido, editado pela Biblioteca Pública do Paraná, que explora o universo das antologias literárias brasileiras. Assinada pelo jornalista e escritor Marcio Renato dos Santos, a reportagem de capa traz depoimentos de críticos, pesquisadores e antologistas que explicam como esse formato vem formando leitores ao longo de gerações. O especial do mês ainda conta com uma seleção de obras importantes do gênero e destaca o trabalho da pesquisadora da USP Eliane Robert Moraes, responsável por títulos que reúnem textos representativos do erotismo literário nacional.

Capa da nova edição do Cândido (Foto: ANPr)

Cândido 2
A nova edição do Cândido também resgata a história de antologias paranaenses publicadas nas décadas de 1970 e 80 e que reúnem trabalhos de nomes como Paulo Leminksi, Thadeu Wojciechowski, Marcos Prado e Luiz Edson Fachin — hoje ministro do Supremo Tribunal Federal. Para além de seu valor literário, esses títulos retratam a efervescência de um movimento cultural marcado pela independência e a pluralidade, como mostra a reportagem de Hiago Rizzi.

Cândido 3
Outros destaques do Cândido 120: entrevista com a premiada autora paulista Aline Bei (concedida a Luiz Felipe Leprevost), fotos de Luana Costa na seção Cliques em Curitiba, conto de Lucas Litrento e poemas de Sofia Mariutti. A arte da capa é de Visca.

Acesso
Em razão do fechamento temporário da Biblioteca Pública do Paraná, que segue a orientação do Governo do Estado para o enfrentamento ao coronavírus, a distribuição de exemplares impressos do Cândido está suspensa até o retorno das atividades da instituição. O jornal pode ser lido AQUI.

Podcast
Está no ar o segundo episódio do Podcast da OSP. O projeto teve início como comemoração do aniversário da Orquestra Sinfônica do Paraná, em maio de 2021, e segue agora com episódios sobre o cenário musical paranaense. Com apresentação de Analaura de Souza Pinto, pianista da OSP, e Sebastião Interlandi Jr, flautista da Orquestra, o segundo episódio fala sobre canto lírico e ópera. O podcast é a segunda vez que a dupla de apresentadores trabalha em parceria. Sebastião e Analaura foram premiados pelo programa Sarabanda, que ia ao ar nos canais de televisão do Estado do Paraná e de São Paulo.

Podcast 2
Para o segundo episódio do podcast da OSP foram convidados o maestro Emanuel Martinez e a cantora lírica Denise Sartori. “O Emanuel é um maestro que só apresenta blockbuster com a Orquestra”, contou Sebastião. “Todos os espetáculos com ele tinham fila que dava a volta na quadra”.

Plataformas
O podcast da OSP é gratuito e vai ao ar no Facebook, Instagram e YouTube, assim como nas plataformas SoundCloud, Apple Podcasts, Spotify e Deezer. O formato segue um bate-papo entre apresentadores e convidados, ilustrado por trechos musicais de arquivo.

(Foto: Teatro Guaíra)

Recursos
A Superintendência-Geral da Cultura reforçou nesta sexta-feira (30) durante reunião por videoconferência com os gestores municipais desta área a importância e os prazos para fazer a solicitação dos recursos da Lei Aldir Blanc. Os valores são destinados aos municípios e estão no Fundo Estadual de Cultura. O prazo de solicitação é 2 de agosto, na próxima segunda-feira. Até a manhã desta sexta-feira (30), dos 206 municípios do Paraná que têm direito aos recursos, 37 fizeram a solicitação. Isso representa menos de 20% das cidades paranaenses com direito à verba.

Recursos 2
A Secretaria Especial da Cultura, do governo federal, publicou um comunicado com orientações aos municípios que executarão a Lei Aldir Blanc em 2021. A Lei 14.150/2021 permite que os estados transfiram recursos aos municípios que não solicitaram a verba em 2020 e aos que reverteram os recursos ao seu respectivo ente estadual – o que será viabilizado nos estados que possuírem recursos disponíveis e terá sua operacionalização definida por meio de regulamentação federal.

Concurso
O Departamento Penitenciário do Paraná (Depen) está com as inscrições abertas para os concursos literário e de desenho direcionados às Pessoas Privadas de Liberdade (PPL) com o tema “Tempo e Vida”, no âmbito dos estabelecimentos prisionais do Estado. A atividade é incluída na programação do Setor de Educação e Capacitação do Depen e dos Centros Estaduais de Educação Básica para Jovens e Adultos (CEEBJAs), responsáveis pela escolarização básica no Sistema Prisional. O Depen é vinculado à Secretaria estadual da Segurança Pública (Sesp).