Rede de Enfrentamento à violência contra a mulher realiza primeira reunião de 2022

Na manhã desta quinta-feira (17), foi realizada na Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres a primeira reunião do ano

Na manhã desta quinta-feira (17), foi realizada na Secretaria de Políticas Públicas para as Mulheres a primeira reunião do ano da Rede de Enfrentamento à Violência Contra a Mulher, que teve a presença de representantes das secretarias de saúde e assistência social, do hospital São Vicente, o Numape (Núcleo Maria da Penha) da Unicentro e a Procuradoria da Mulher.

A secretária de Políticas Públicas para as Mulheres Priscila Schran comentou sobre a importância da união entre as instituições: “A rede é formada por todas as instituições que atendem às mulheres em situação de violência nas diversas fases do rompimento do ciclo da violência. Seja a partir da saúde, da segurança pública, do serviço social e do acompanhamento jurídico. Todas as instituições que vão atender a mulher em todas essas fases, fazem parte da rede para que esse serviço aconteça de maneira integral.”

A reunião foi conduzida de maneira presencial pela primeira vez desde 2020. Nela, foram expostos a nova aplicação do novo orçamento da pasta, apresentação dos Projetos Emancipar e o Minha Casa sem Violência, além de debater sobre a retomada das formações dos atendimentos das vítimas de violência sexual pelos hospitais, saúde, IML e Polícia Civil, que terão em seus próximos passos o monitoramento e a fiscalização de como está sendo o fluxo de atendimento e a atualização do processo da construção da Casa da Mulher Brasileira.