NRE faz dia letivo com foco na valorização do ensino, na região de Guarapuava

Ao CORREIO, a chefe do NRE de Guarapuava, Edil Aparecida Espínola, explica que foram ministradas aulas de conscientização e realizada uma busca ativa de estudantes

O Núcleo Regional de Educação (NRE) de Guarapuava desenvolveu, neste sábado (26), atividades voltadas à valorização do ensino público e de combate à evasão escolar.

O foco foi oferecer conteúdos de conscientização e realizar uma “busca ativa” aos estudantes que não têm acompanhado as aulas adequadamente. 

Ao CORREIO, a chefe do NRE, Edil Aparecida Espínola, explica que a ação ocorreu nos municípios de abrangência do Núcleo Regional e que foi feita uma convocação “de 100% dos profissionais da educação”. 

“Fizemos um dia de comemoração, um dia de festa, um dia de apresentações diversificadas. Dia de ‘aulões’ de consciência de quão o ensino é importante na vida do estudante, do jovem e do cidadão”. 

Segundo a chefe, isso foi tanto para o aluno que acompanha as aulas a distância, quanto para o que está voltando para o presencial. 

“Quero agradecer meu time do Núcleo, que não mediu esforços para apoiar as escolas, e um agradecimento para os diretores, professores e funcionários das escolas. Hoje foi um exemplo emocionante”, disse. 

BUSCA ATIVA

Enquanto um grupo de docentes ministrava os conteúdos, outro fez uma busca ativa de estudantes. A chefe do NRE afirma que há situações em que o aluno não permanece no Google Meet durante o período de ensino, e outras em que o estudante demora ou entrega de forma incompleta os materiais impressos. 

As equipes falaram com os responsáveis para ressaltar a importância do cumprimento das datas e do correto acompanhamento das disciplinas. “Também foi feita a conscientização daqueles alunos que foram convocados para o presencial, para que eles não faltem”.

Além disso, Edil explica que há estudantes que estão evadidos do sistema de ensino. Neste caso, são aqueles que não buscaram as atividades impressas ou não assistem as aulas. “No ‘Dia D’ foi feito todo esse combate à evasão escolar, para que ninguém fique para trás. Esse é o novo lema: ‘ninguém fica para trás”. 

A busca ativa contou com parceria das Prefeituras, que disponibilizam transporte para os profissionais envolvidos.