Polícia Rodoviária recebe novas viaturas no aniversário de 56 anos

Entrega de cinco novos veículos, totalmente equipados, foi feita pelo DER-PR na solenidade de comemoração do aniversário do batalhão. Com estas viaturas, já são 80 entregues ao BPRv somente este ano

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR), entregou cinco novas viaturas à Polícia Rodoviária Estadual. A entrega foi terça-feira (27), durante cerimônia que comemorou os 56 anos de atividades do batalhão.

Os veículos são da marca Chevrolet e vêm caracterizados de fábrica, equipados com blindagem, tablet, impressora, bafômetro, bloqueador de fugas e internet. Eles foram adquiridos pelo DER/PR utilizando verba de aparelhamento prevista nos contratos de concessões rodoviárias, um investimento de R$ 1.040.000.

O diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti, afirmou ter estabelecido o compromisso de atender da melhor maneira possível o Batalhão de Polícia Rodoviária. “São nossos parceiros em manter a segurança nas rodovias, em salvar vidas. Com estas viaturas, já são 80 entregues ao BPRv somente este ano”, disse Furiatti.

As viaturas serão empregadas nas regiões atendidas pelas concessionárias Ecovia, Rodonorte, Econorte e Ecocataratas, combatendo o tráfico de drogas e contrabando nas rodovias estaduais, bem como no patrulhamento ostensivo e preventivo.

VIATURAS

Em junho o DER/PR entregou ao BPRv cinco viaturas adquiridas com verba da concessionária EcoCataratas, e em agosto outras 70 viaturas, adquiridas com recursos próprios da autarquia, destinadas às 61 bases fixas do batalhão em todo o Paraná.

HOMENAGEM

Durante a solenidade foram entregues medalhas de Mérito Rodoviário aos civis e militares que se destacaram na atuação junto ao Batalhão de Polícia Rodoviária.

O secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, foi um dos homenageados. “Em nome do governador Ratinho Júnior cumprimento a todos os policiais do batalhão pelo excelente trabalho”, disse ele.

No DER/PR também receberam a medalha de mérito rodoviário o diretor-geral, Fernando Furiatti, o chefe de gabinete Plinio Vivan Filho, o procurador jurídico Aristides Rodrigues do Prado Neto, e o assessor militar capitão Fernando Paulo Cantador.