Verão: saiba como cuidar e prevenir o aparecimento de acne

Especialista explica como as temperaturas mais quentes favorecem o desenvolvimento de espinhas e cravos

Os dias mais quentes do verão são esperados por muitos brasileiros ao longo do ano. Entretanto, a estação também exige um cuidado maior com a pele, maior órgão do corpo humano. Além do reforço na proteção solar, outro passo que exige atenção é o cuidado com o aparecimento de acne, ou seja, cravos e espinhas causados por um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilosos.

“Assim como o frio, o calor também é um fator importante no caso de acne, pois a glândula sebácea produz mais sebo, causando excesso de oleosidade e obstrução dos poros”, explica a médica dermatologista e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, Dra. Paula Tavares Colpas (CRM/SP: 129556). Desta forma, as temperaturas mais altas e a exposição excessiva ao sol podem resultar em indesejados cravos e espinhas se os cuidados com a pele forem negligenciados.

Para evitar o problema e cuidar da acne que eventualmente surjam, a dermatologista indica cinco passos importantes do skincare no verão:

1) Limpeza da pele
O primeiro passo é manter a rotina de limpeza da pele. Escolha um sabonete ideal para o seu tipo de pele e lave o rosto com água fria pelo menos 2 vezes ao dia, em especial, à noite, quando a pele foi exposta a impurezas durante todo o dia.

2) Produtos de cuidados antiacne
Se o seu dermatologista indicou a utilização de algum produto (sérum, gel, tônico, esfoliantes, cremes ou pomadas) para auxílio no tratamento de acne, não deixe de utilizá-lo no verão. Mantenha a rotina de cuidados.

3) Hidratação
Outro erro bastante comum é acreditar que, por ser oleosa, a pele acneica não precisa de hidratação. Todas as peles precisam desse passo para manter o equilíbrio da barreira cutânea. Opte por hidratantes com texturas mais leves e que sejam não comedogênicos.

4) Proteção Solar
A exposição solar pode ser uma aliada no cuidado antiacne, pois possui efeito anti-inflamatório. Porém, em excesso, ela pode resultar no estímulo da produção sebácea, causando mais lesões. Por isso, utilize protetor solar todos os dias e reaplique quando necessário. Opte também por produtos indicados para o seu tipo de pele.

5) Alimentação
A alimentação é um outro fator importante. Não existe uma restrição, entretanto, evitar produtos de alto índice glicêmico como leites e seus derivados ou com uma alta concentração de açúcar que podem auxiliar no aparecimento de novas lesões. Além disso, beber bastante água auxilia na manutenção da hidratação da pele. Consumir produtos antioxidantes também melhora a saúde cutânea de maneira geral.