‘Tomar vacina é uma dose de esperança por dias melhores’, diz educadora de Guarapuava

A 1ª dose está sendo aplicada apenas em profissionais do ensino superior e ensino básico

Entre os cuidados necessários para o desenvolvimento saudável da gravidez, está a necessidade de manter a carteirinha de vacinação em dia. Em meio a pandemia, com imunizantes contra a Covid-19 liberados e indicados às grávidas, a Eli Regina Camile, com 22 semanas de gestação recebeu a segunda dose da vacina, nesta segunda-feira (21). “É uma alegria estar imunizada, uma mistura de esperança e alívio”, destacou.

Silmeri Barbosa, 26 anos, também é gestante. Com 38 semanas de gravidez, ela enfatizou a importância da vacina. “Engravidei nessa fase difícil da pandemia. Meu marido trabalha fora e tem contato com muitas pessoas. Então infelizmente estamos expostos a essa doença. Com a vacina eu me sinto aliviada, tanto agora na gestação quanto para o parto que vai ser no próximo mês”, contou.

Seguindo o cronograma de vacinação, a educadora Cleusa Pereira, 49 anos, recebeu a primeira dose do imunizante e expressou sua felicidade. “É um momento de muita alegria. Principalmente para prevenção em meio ao caos que estamos vivendo, em que tantos amigos perderam a vida. Mas, estamos esperançosos. Tomar a vacina é uma dose de esperança por dias melhores”, finalizou.

GUARAPUAVA IMUNIZADA

A campanha de vacinação, em frente a Prefeitura, segue com a aplicação da primeira dose para profissionais do Ensino Superior e da Educação Básica. E, para o público que recebeu a vacina Coronavac há pelo menos 20 dias e da AstraZeneca no mês de março.

A vacinação por idade segue suspensa até o recebimento de mais vacinas.

*SECOM/Pref. de Guarapuava*