Sesa promove capacitação sobre Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) para pais, cuidadores e educadores

O curso é virtual, modalidade à distância, com duração de 20 horas e baseado em Análise do Comportamento Aplicada (ABA), terapia reconhecida internacionalmente com evidências científicas. As duas capacitações estão disponíveis no site da ESPP: escoladesaude.pr.gov.br

Como parte das ações voltadas ao Abril Azul, mês direcionado para a Conscientização do Autismo, a Sesa lança hoje (5), por meio da  Diretoria de Atenção e Vigilância em Saúde eEscola de Saúde Pública do Paraná (ESPP), uma capacitação voltada para pais, cuidadores e educadores.

O curso é virtual, modalidade à distância, com duração de 20 horas e baseado em Análise do Comportamento Aplicada (ABA), terapia reconhecida internacionalmente com evidências científicas . A organização é da Divisão de Saúde da Pessoas com Deficiência da Secretaria da Saúde do Paraná e ESPP, em parceria com o Flórida Institute of Tecnologie.

No conteúdo, disponibilizado no site da ESPP,  temas como: o que é o autismo,  práticas saudáveis de criação dos filhos, aprendizagem de pessoas com Transtorno do Espectro do Autismo e aprendizagem através de brincadeiras.

“A Sesa sabe da importância do Transtorno do Espectro do Autismo (TEA) e seu impacto na vida das pessoas. Por isso, destacamos a relevância das capacitações voltadas para o tema e que estão disponíveis para profissionais, pais e familiares; são conteúdos atualizados e que podem apoiar o tratamento e favorecer o cuidado da pessoas com suspeita ou diagnóstico de TEA”, disse o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

TEA

O Transtorno do Espectro do Autismo é considerado um transtorno do neurodesenvolvimento com início na infância, que pode afetar a capacidade de se comunicar e interagir,

 “Os sintomas do TEA variam de paciente para paciente, sendo os mais comuns: dificuldades de comunicação, dificuldade nas interações sociais, interesses obsessivos e comportamentos repetitivos”, explica a chefe da Divisão de Saúde da pessoas com Deficiência, Aline Jarchel de Oliveira.

Além da capacitação lançada hoje, para pais, cuidadores e educadores, a ESPP mantém outro conteúdo específico , disponiblizado também em formato  virtual, direcionado para profissionais como médicos, psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas e enfermeiros, entre outros. Trata- se da Capacitação Multiprofissional em Análise de Comportamento Aplicada voltada ao Transtorno do Espectro Autista.

“A capacitação de profissionais e de  pessoas próximas auxiliam no  desenvolvimento e autonomia do autista por meio da aprendizagem de importantes habilidades sociais e motoras nas áreas de comunicação e autocuidado, bem como na redução de comportamentos não adaptativos”, complementou Aline de Oliveira.

As duas capacitações estão disponíveis no site da ESPP: escoladesaude.pr.gov.br