Secretaria alerta: mais de 800 idosos acima de 75 anos ainda não tomaram a 2ª dose da vacina contra a Covid-19, em Guarapuava

De acordo com o chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, Dr. Hiagor Silva, em três semanas o município não registrou nenhum óbito acima de 80 anos, mas a baixa procura pela segunda dose tem preocupado a Secretaria de Saúde

A campanha Guarapuava Imunizada contra a Covid-19 continua em Guarapuava. Até o momento, já foram mais de 15 mil pessoas que receberam doses da vacina.

No entanto, a Secretaria de Saúde (Sesa) faz um alerta à população: cerca de 800 idosos com mais de 75 anos que tomaram a vacina Coronavac há 25 dias, ainda não foram tomar a segunda dose, que é fundamental para atingir a eficácia da imunização.

De acordo com o chefe da Divisão de Vigilância Epidemiológica, Dr. Hiagor Silva, em três semanas o município não registrou nenhum óbito acima de 80 anos, mas a baixa procura pela segunda dose tem preocupado a Secretaria de Saúde.

“É muito importante estar com o esquema vacinal completo para atingir a imunização, principalmente dos idosos, que é a população que apresenta a maior mortalidade pela doença, a partir do momento que avançamos com a vacinação, vamos ter diminuição de casos de internamentos”, pontua.

Para receber a segunda dose, é necessário comparecer à Central de Vacinação, que fica na Praça Cândido Xavier, em frente à Prefeitura, das 8 às 16h, munido de documento com foto e do cartão de vacinação da Covid-19.

BALANÇO
Segundo a Prefeitura, das 15.033 pessoas vacinadas em Guarapuava, 10.778 são idosos, 4.118 profissionais da área de saúde, 80 quilombolas e 137 pessoas de outras populações.

Nesta segunda-feira (5 abril), foram vacinadas 10 pessoas com a primeira dose e outras 260 receberam a segunda dose.

A vacinação da 1ª dose está suspensa até a chegada de novas doses do governo federal. E a aplicação da 2ª dose está garantida e continuará sendo feita na Central de Vacinação nesta terça (6).

“Continue usando máscara de proteção, álcool gel, mantendo o distanciamento social e sem aglomerações”, diz mensagem da administração municipal.