Programa de vocações regionais avança na região de Campo Mourão

Programa é uma iniciativa da Invest Paraná com o objetivo de criar estratégias para o desenvolvimento baseado na produção local. A região de Campo Mourão tem uma forte cadeia na fabricação de equipamentos médicos, hospitalares, odontológicos e estéticos

Durante evento virtual realizado nesta sexta-feira (9), a Invest Paraná, agência de atração de investimentos do Estado, apresentou o Programa de Vocações Regionais Sustentáveis aos membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Campo Mourão (Codecam), autoridades locais e representantes do comércio e do setor produtivo do município.

O objetivo do programa é promover o crescimento econômico e o desenvolvimento social a partir da ampliação do acesso a mercados para produtos e serviços provenientes das vocações regionais sustentáveis do Paraná.

Em uma primeira fase, serão feitas pesquisas e coleta de dados e informações para a definição do plano de implementação do programa. Em cooperação com diversas instituições internacionais, a equipe da Invest Paraná baseou-se em exemplos da Alemanha e do Japão para desenvolver a metodologia a ser implementada no Estado. Os dois países utilizam a estratégia de valorização das produções de pequenas regiões para atender às demandas do mercado.

A Invest Paraná é vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo (Sedest). Para o secretário Márcio Nunes, essa junção é importante para que o desenvolvimento no Paraná caminhe em conjunto com a sustentabilidade. “A Secretaria tem procurado manter o equilíbrio e mostrar que isso é possível. Através da Invest Paraná, quem quer empreender no Estado recebe orientação, segurança técnica e jurídica e também de sustentabilidade, para que ele possa finalizar seu empreendimento e cuidar do meio ambiente ao mesmo tempo”, disse.

Durante o encontro, que reuniu cerca de 50 pessoas, o prefeito Tauillo Tezelli falou sobre a cadeia de valor de equipamentos médicos, hospitalares, odontológicos e estéticos presente na região. “O município vem se preparando ao longo dos últimos anos para impulsionar ainda mais a produção do setor. Há bastante organização e mobilização e estamos muito felizes em receber as contribuições do Programa de Vocações Regionais Sustentáveis”, destacou.

Segundo Giancarlo Rocco, diretor de Relações Internacionais e Institucionais da Invest Paraná, muitos dos ativos selecionados no Estado coincidem com os já relatados no conhecido Programa Arranjos Produtivos Locais (APL). “O objetivo agora é usarmos metodologias de desenvolvimento brasileiras e internacionais para irmos além da questão de mapeamento e identificação dessas cadeias”, afirmou.

Bruno Banzato, assessor da Invest Paraná responsável pelo programa, destacou que a implementação da metodologia na região de Campo Mourão se dará de forma mais autônoma. “O município já possui uma organização muito grande envolvendo prefeitura, Codecam, Acicam, Fundação Educere, sindicatos, universidades e diversas lideranças locais, e essa rede de mobilização será responsável pela aplicação do programa aqui na região”, afirmou. “Estamos bastante otimistas e confiantes, pois esse envolvimento e comprometimento local são essenciais para o sucesso da iniciativa”.

Os próximos passos são a preparação técnica para o lançamento do programa em Campo Mourão e o início prático dos trabalhos. As ações serão capitaneadas pelo município a partir de orientação e apoio técnico da Invest Paraná.