Guarapuava começa a vacinar pessoas com comorbidades nesta sexta-feira (7)

Para a população que utiliza o SUS, não é obrigatório apresentar receitas e atestados médicos, pois antes de receber a dose será consultado o histórico no sistema da rede municipal

A Prefeitura de Guarapuava iniciará uma nova fase de vacinação contra Covid-19 contemplando as pessoas com comorbidades. Os grupos prioritários, já estabelecidos pelo Plano Estadual de Vacinação, começam a ser imunizados nesta sexta-feira (7).

O anúncio foi feito durante a live da Campanha Guarapuava Imunizada, que ocorreu na manhã desta quinta-feira (6), na Central de Vacinação.

A diretora da Vigilância Epidemiológica e coordenadora da Campanha, Chayane de Andrade, também apresentou um balanço dos 107 dias de vacinação na cidade. Até o momento, mais de 21 mil guarapuavanos já foram protegidos com a 1ª e 2ª doses.

“Podemos considerar que todos os idosos de Guarapuava já estão imunizados. E, começamos nesta sexta-feira(7) a vacinação para um grupo específico de pessoas com comorbidades. Nossa estimativa é que, agora, mais de 16 mil pessoas que estão expostos à Covid-19 e podem desenvolver formas graves, sejam vacinadas”, explanou.

Já o chefe de Divisão de Vigilância Epidemiológica, Dr. Hiagor Silva, destacou que essa etapa será dividida em partes e dependerá do quantitativo de doses que o município receber. 

“Faremos a abertura da vacinação destacando os grupos como portadores de doenças renais crônicas em terapia de substituição renal como diálise, os pacientes com Síndrome de Down, desde que acima de 18 anos, além de gestantes e puérperas (“mulheres de dieta”) com comorbidades e as pessoas com a deficiência que recebem o BPC e são acompanhados pela Assistência Social”, explicou.

COMPROVAÇÃO

Para receber o imunizante é necessário comparecer à Central de Vacinação, em frente a Prefeitura com um documento com foto.

Para a população que utiliza o SUS, não é obrigatório apresentar receitas e atestados médicos, pois antes de receber a dose será consultado o histórico no sistema da rede municipal.

Já para quem utiliza o sistema de Saúde Privado deverá levar a declaração que consta a comorbidade, emitida pelo Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM) e assinada pelo médico.

MULHERES GRÁVIDAS

Estavam presentes também na live a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Priscila Sharan e a professora de Enfermagem da Unicentro, Maria Luz Raimondo, que destacaram a vacinação das mulheres gestantes e puérperas com comorbidades como uma grande conquista. 

“A mulher durante a gravidez sofre diversas modificações, fazendo com que o organismo se torne mais frágil, desta forma há maior probidade de agravamento da doença”, enfatizou a enfermeira.

PRIMEIRA FASE  – SEXTA-FEIRA (7)

— Pessoas com Síndrome de Down, acima de 18 anos;

— Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal como diálise, acima de 18 anos;

— Gestantes e puérperas com comorbidades, acima de 18 anos;

— Pessoas com deficiência permanente atendidas pela Assistência Social, com idade entre 59 e 55 anos;

DÚVIDAS

Para acessar a lista completa das comorbidades contempladas pelo Plano de Vacinação e a forma de comprovação, clique no link.

****Secom/Pref. de Guarapuava/ com edição****