Governador anuncia investimentos de R$ 6,8 milhões para infraestrutura da região Centro-Sul

Pacote contempla R$ 4,6 milhões para a readequação e cascalhamento de 32,6 quilômetros da estrada rural que liga Quedas do Iguaçu a Rio Bonito do Iguaçu, a chamada Rodovia da Integração

O governador Carlos Massa Ratinho Junior anunciou nesta segunda-feira (16), no Palácio Iguaçu, investimentos de R$ 6.847.514,78 para melhorar a mobilidade, a infraestrutura e a logística para o escoamento da safra da região Centro-Sul do Paraná. Serão R$ 4.638.009,39 para a readequação e cascalhamento de 32,6 quilômetros da estrada rural que liga Quedas do Iguaçu a Rio Bonito do Iguaçu, a chamada Rodovia da Integração, e mais R$ 2.209.505,39, a fundo perdido, para pavimentação urbana em Rio Bonito do Iguaçu. A contrapartida dos municípios é de R$ 244.105,76.

Ratinho Junior destacou que a obra vai beneficiar 2.770 famílias, especialmente os movimentos ligados à agricultura familiar – a Estrada Rural, única via de ligação direta entre as cidades, passa pelo maior assentamento da América Latina, formado pelos complexos Celso Furtado, Ireno Alves e Marcos Freire.

“Temos o compromisso de levar a infraestrutura necessária para atender os nossos agricultores, especialmente o pequeno agricultor. É um compromisso do nosso governo. Tanto Quedas do Iguaçu quanto Rio Bonito do Iguaçu estão crescendo e esse investimento vai ajudar no desenvolvimento das cidades e da região como um todo”, afirmou o governador. “Vamos integrar os municípios, melhorando a vida das pessoas”.

O governador lembrou que a modernização da rodovia vai permitir a melhoria da trafegabilidade, proporcionando benefícios econômicos e sociais para a população. “Essa é uma obra aguardada há 40 anos, com foco no desenvolvimento regional. Com planejamento, estamos conseguindo tirar do papel todas aquelas obras importantes para o Paraná. Estruturando o Estado com ações que eram prometidas há muitos anos”, disse.

Avanços econômicos que já começaram a ser vistos. De acordo com o prefeito de Rio Bonito do Iguaçu e presidente da Associação do Cantuquiriguaçu (Cantu), Sezar Bovino, há um protocolo de intenção assinado para a instalação de uma cooperativa no município, no perímetro do assentamento rural.

“Protocolei o primeiro pedido para estruturar essa estrada em 1983 e só agora, com o governador Ratinho Junior, é que está saindo do papel. Já fomos procurados por investidores apenas com a notícia da liberação dos recursos para a obra. Isso é geração de emprego e renda”, explicou ele, destacando que hoje é necessário dar uma volta de 70 quilômetros para escoar a safra da região, percurso que cairá pela metade com a obra.

“A expectativa é grande porque era uma reivindicação antiga, da década de 1980. A estrada vai mudar a realidade dos municípios”, acrescentou o prefeito de Quedas do Iguaçu, Elcio Jaime.

BALANÇO

Em pouco mais de três anos, o Governo do Estado pavimentou 1.000 quilômetros de estradas rurais com pedras poliédricas ou com blocos sextavados em todo o Paraná. O investimento chegou a R$ 304 milhões, beneficiando 18 mil famílias de 2 mil comunidades em 202 municípios, fruto de 278 convênios. Paralelamente, o programa Estradas da Integração, coordenado pela Secretaria estadual da Agricultura e do Abastecimento (Seab), abriu cerca de 25 mil postos de trabalhos, entre vagas diretas e indiretas, segundo estimativas da pasta.

Secretário de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, ressaltou que a proposta tem impacto direto também no manejo diário das propriedades rurais, que dependem das ligações por estradas municipais para a chegada de insumos, sementes e rações. “São estradas que ligam o município com algum distrito, a cidade com uma rodovia ou um distrito com a sede central. Dessa maneira, esses investimentos impactam uma infinidade de gente, seja no sentido econômico, turístico ou mesmo na qualidade de vida”, disse.

Outro ponto é que o projeto colabora com a preservação dos recursos naturais ao contribuir para a conservação do solo das propriedades. “Estamos falando de uma grande ação que visa tornar o meio rural mais atraente para os negócios, mas dentro da política de desenvolvimento sustentável do Governo do Estado”, afirmou Ortigara.

URBANIZAÇÃO

Além da liberação dos recursos para a reforma da estrada rural, Ratinho Junior assinou convênio para a pavimentação de vias urbanas de Rio Bonito do Iguaçu. Serão investidos, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedu), R$ 2.209.505,39 a fundo perdido, ou seja, sem a necessidade de pagamento.

“Esse é o maior empréstimo a fundo perdido da história do município, que vai ampliar a qualidade de vida da população”, afirmou Bovino. “Temos o compromisso de estar próximos das cidades, de todas as cidades do Paraná, grandes ou pequenas”, destacou Ratinho Junior.

PRESENÇAS

Participaram do evento o secretário de Estado do Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, Augustinho Zucchi; e os deputados estaduais Artagão Júnior, Nelson Luersen e Guto Silva.