Após um mês de manifesto, motoristas rodoviários de Guarapuava podem ser vacinados

Motoristas agora aguardam o calendário de vacinação para a categoria; o imunizante será da Janssen, com dose única

Nesta quinta-feira (24), 91.250 vacinas da Janssen chegam ao Paraná, cuja eficácia é garantida em dose única. O transporte ocorre junto com mais 211.200 unidades da CoronaVac/Butantan, e se somam às outras 136.890 doses da Pfizer/BioNTech.

O primeiro lote dos imunizantes da Janssen deve ser destinado, no Paraná, para trabalhadores do transporte coletivo rodoviário de passageiros, transporte ferroviário, transportes aquaviários e caminhoneiros.

A expectativa é que a vacinação atenda uma demanda dos motoristas de Guarapuava. Há algumas semanas, é possível observar no letreiro dos ônibus de transporte coletivo um pedido de vacinação para esses trabalhadores.

Além dos motoristas de ônibus, dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) demonstram que caminhoneiros, porteiros de edifícios e vendedores do comércio estão entre as ocupações com mais desligamentos por morte no segundo bimestre de 2021.

A Pérola do Oeste, responsável pelo transporte público de Guarapuava, conta hoje com 105 motoristas. A média de idade desses empregados é de 42 anos, portanto, boa parte ainda não está contemplada na vacinação geral, que está em 46 anos no município.

Em maio, o motorista Claudio Pohl (44 anos) faleceu em decorrência da Covid-19. Funcionário da empresa Pérola do Oeste há 13 anos, ele deixou uma esposa e quatro filhos.

NEGOCIAÇÃO
Na semana passada, houve uma reunião entre a empresa Pérola do Oeste e a Prefeitura, sendo enviada uma solicitação para oficializar o pedido de vacina para os trabalhadores do transporte coletivo. Além dos motoristas, o pedido inclui todos os cobradores, entre operadores internos e de bilheteria.

Além disso, destaca-se a articulação feita pela Federação dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Paraná (Fetropar). De acordo com Valdemar Nascimento, presidente do Sindicato Profissional dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Guarapuava (Sintrar), que compõe a Fetropar, foi feita uma notificação à 5ª Regional de Saúde (RS) em maio pedindo a destinação de 2,5 a 3 mil doses para esses profissionais.

Após o encontro, foi enviado um ofício ao Governo do Estado para que as vacinas fossem destinadas a todos os motoristas de transporte rodoviário dos 26 municípios que possuem atuação da entidade sindical.

***************Reportagem: Carlitos Marinho, especial para CORREIO