Pessoas em situação de rua são imunizadas contra covid-19 em Guarapuava

Os assistentes sociais do CREAS percorreram as ruas da cidade informando a população sobre a disponibilidade do imunizante

Nesta quinta-feira (01), a campanha Guarapuava Imunizada iniciou a vacinação de pessoas em situação de rua no município. O CREAS (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), atende por dia 70 pessoas, embora o número de moradores de rua em Guarapuava seja maior. Desde que a vacina foi disponibilizada, os assistentes sociais do Centro de Referência, percorrem as ruas da cidade informando essa população sobre a disponibilidade da imunização.

A coordenadora do CREAS, Luciene Henrique, frisou que por estarem expostas, o risco de incidência do vírus para essas pessoas é maior do que para a sociedade em geral.

“Essa população é mais vulnerável por não ter um local para se higienizar diariamente, nem um abrigo adequado. A gente encaminha eles para albergues, mas na maior parte do tempo, estão em situação de rua. Então a vacinação é uma garantia de proteção para eles”, explicou Luciene.

Cleide Vilela, de 49 anos, estava emocionado no momento que recebeu sua dose.

“Isso é uma vitória. Eu estava na esperança para tomar a vacina há muito tempo. Para nós é complicado, porque ficamos na rua em contato com o povo. Espero que todo mundo possa ter essa chance”, disse ele.

Por não terem um local de moradia fixo, o acesso aos moradores de rua é limitado. Por esse motivo, novas datas de vacinação serão marcadas para abranger o maior número de pessoas possível.

SECOM/Pref. de Guarapuava