Criança tenta socorrer mãe e tem braço torcido pelo pai, em Guarapuava

A mulher (31 anos) e a filha (9 anos) procuraram ajuda na sede do 16º BPM. O autor foi preso

Uma mulher (31 anos) e uma criança (9 anos) foram agredidas na tarde deste sábado (13), em Guarapuava. As vítimas procuraram ajuda na sede do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM).

Conforme a Polícia Militar (BPM), mãe e filha chegaram no destacamento relatando as agressões. A mulher contou aos policiais que chegou do trabalho por volta das 13h30 e passou a ser agredida com socos no braço e na perna esquerda.

A filha do casal tentou socorre-la, mas acabou agredida pelo pai. O individuo torceu o braço da menina.

De acordo com o boletim de ocorrência, o casal está separado há aproximadamente um mês, mas moram na mesma casa por questões financeiras. O motivo das agressões, segunda a mulher, é porque ela não da atenção ao agressor.

Diante da situação uma equipe localizou o autor e deu voz de prisão. Ele foi encaminhado até a delegacia.