Marco Aurélio Borges, empresário em Guarapuava, morre vítima da Covid-19

Em uma nota de pesar, a Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig) lamentou o falecimento do empresário

O empresário Marco Aurélio Borges (43 anos) faleceu nesta segunda-feira (9), vítima da Covid-19. Ele estava internado no Hospital São Vicente de Paulo.

Em uma nota de pesar, a Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig) lamentou a morte de Borges, que se mudou para Guarapuava em 2003 assumindo a gerência regional da Employer; em 2018, abriu, junto da esposa, a Chocolates Lugano Guarapuava.

“Sua jornada no associativismo iniciou através do Conselho do Jovem Empresário, em 2012. Participou da diretoria da Faciap Jovem, e posteriormente ingressou na Cacicopar Jovem”, disse em nota a Acig. “A paixão pelo associativismo regional o levou à presidência da Cacicopar e vice-presidente da Faciap, região Centro-Oeste, na gestão 2016/2018″.

Na atual gestão, 2021/2022, Marco participou como secretário da diretoria da Faciap, foi coordenador da Câmara de Serviços na Cacicopar e, também, diretor administrativo na Acig.

De acordo com a Central de Triagem de Guarapuava, o velório ocorre na Capela Mortuária Pax Cristo Rei e o sepultamento será nesta terça-feira (10), às 9h, no Cemitério Municipal de Irati.

ACIG

“A Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig) comunica com imenso pesar, o falecimento do nosso companheiro de associativismo Marco Aurélio Borges. Por motivos de luto e respeito, a entidade estará fechada até terça-feira (10), às 13h. Agradecemos a compreensão. O velório será a partir das 17h30, nesta segunda-feira (9), na Capela Cristo Rei.”