Maconha, cocaína e crack são apreendidos em imóvel no Primavera

No local, uma senhora de 63 anos relatou ser proprietária do imóvel. Quando indagada sobre a denúncia, esta relatou que havia alugado uma das suas quitinetes de fundos a um casal

Uma equipe rádio patrulha da Polícia Militar de Guarapuava recebeu informações de que um homem – velho conhecido do meio policial pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo, tráfico e furto – teria escondido, no bairro Primavera, certa quantia de entorpecentes. O caso se deu na noite desta sexta-feira (15 abr 2022).

No local, uma senhora de 63 anos relatou ser proprietária do imóvel. Quando indagada sobre a denúncia, esta relatou que havia alugado uma das suas quitinetes de fundos a um casal.

“Foi localizado substância vulgarmente conhecida como maconha no interior de uma caixa de papelão que posteriormente pesada totalizou 1.368 kg, e localizado uma balança de precisão na cor cinza, uma porção da mesma substância anteriormente localizada pesando 192 gramas, ainda não embalada, um invólucro plástico na cor preta contendo em seu interior substância análoga a crack posteriormente pesado totalizando 13 gramas e ainda um invólucro plástico na cor branca contendo cocaína pesando 0,5 gramas; no criado mudo ao lado da cama do casal haviam resquícios de cocaína e uma embalagem contendo três lâminas de barbear que estavam sendo utilizadas para fracionar o entorpecente e um rolo de papel-alumínio e um aparelho celular marca Samsung na cor azul”, conforme o Boletim de Ocorrência.

Encaminhados os ilícitos e objetos apreendidos até a Delegacia para procedimentos cabíveis.