Jogos Escolares do Paraná começam nesta sexta-feira com 20 mil inscritos

É a primeira etapa regional e acontece em 15 municípios. Com sete modalidades em disputa, os JEPs são considerados a competição oficial mais esperada pela comunidade, principalmente os jovens

A primeira fase regional da 68ª edição dos Jogos Escolares do Paraná (JEPs) começa nesta sexta-feira (6), em 15 municípios e com cerca de 20 mil inscrições, entre alunos e professores. As competições acontecem em Astorga, Brasilândia do Sul, Campo Largo, Catanduvas, Centenário do Sul, Chopinzinho, Ivaí, Matelândia, Planalto, Reserva do Iguaçu, Telêmaco Borba, Terra Rica, Terra Roxa, Tomazina e União da Vitória. As disputas seguem até quarta-feira da semana que vem (dia 11).

Realizados pelo Governo do Estado, por meio da Superintendência Geral do Esporte, com apoio dos municípios, os JEPs são disputados por estudantes do ensino fundamental e ensino médio de escolas públicas e particulares e abrangem sete modalidades (atletismo, basquete, futsal, handebol, tênis de mesa, vôlei e xadrez). São considerados a competição oficial mais esperada pela comunidade, principalmente os jovens. “O número de 20 mil inscrições mostra a credibilidade deste grande evento e, principalmente, a vontade das pessoas de participarem”, afirma a coordenadora dos Jogos, Marcia Tomadon. “Isso mostra a importância que o Governo do Paraná está dando a todos os jovens”, comenta.

Confira a programação completa

DESENVOLVIMENTO

Além da competição, a Secretaria da Educação e do Esporte e a Superintendência do Esporte desenvolvem o projeto Aulas Especializadas de Treinamento Esportivo, que tem por finalidade contribuir para o desenvolvimento esportivo escolar, o aprimoramento do atleta e a melhoria da qualidade de vida do estudante. “São oferecidas 6.200 horas de aulas, abrangendo cada modalidade disputada nos JEPS”, explica o professor Richard James Martins, que desde 2019 é responsável pela realização das Aulas Especializadas de Treinamento Esportivo.

“No momento, estamos atendendo mais de 32 mil estudantes da rede pública de todo o Paraná, fato que acaba impulsionando nossos jovens a sempre estarem nas competições estaduais e também em nacionais. O principal critério para que as escolas estejam dentro do projeto é que estejam participando dos JPEs”, explica Martins.