Fora de casa, CAD vence mais uma e mantém liderança da Série Prata

A equipe guarapuavana bateu o São Miguel na tarde desta quarta-feira (11 agosto), no Ginásio Joelson Marcelino: placar de 3 a 0. O próximo compromisso do Time de Guerreiros será no sábado (14), contra o Maringá Seleto, no Joaquinzão

Em jogo atrasado da 8ª rodada da 1ª fase, o Clube Atlético Deportivo (CAD)/Guarapuava manteve o bom momento na Série Prata do Paranaense de futsal.

Fora de casa, o CAD bateu o São Miguel na tarde desta quarta-feira (11 agosto), no Ginásio Joelson Marcelino: placar de 3 a 0.

“Se os torcedores esperavam este confronto para ter projeção clara de todos os times da competição e fazer as suas análises de possibilidades, o jogo mostrou que o CAD quer muito o acesso e mesmo diante de todas as dificuldades está representando muito bem Guarapuava”, disse o clube do terceiro planalto paranaense.

Afinal, o duelo desta quarta foi o primeiro do ano entre as duas equipes. Por conta das restrições em tempos de pandemia, a rivalidade só pôde ser posta à prova nesta altura da Série Prata.

O resultado em São Miguel do Iguaçu mantém o Time de Guerreiros na liderança isolada do campeonato. São 36 pontos ao longo de 15 partidas. Ou seja, 11 vitórias, três empates e apenas uma derrota. Logo atrás, a Apaf (de Paranaguá) segue sua perseguição, somando 35 pt, também em 15 jogos (11 v/2 e/2 d).

O próximo compromisso do CAD será neste sábado (14 agosto), contra o Maringá Seleto, em Guarapuava, no Ginásio Joaquim Prestes. “O fator físico deve ser um dos principais ‘pesos’ da semana para o time guarapuavano driblar além dos adversários fortíssimos que enfrentou e vai enfrentar”, analisa o clube da “terra do lobo bravo”, que busca, mesmo classificado, a melhor pontuação possível até o final dessa 1ª fase.

O desfalque certo é o capitão Gabriel, que estará afastado por conta de uma lesão.

JOGO
Logo nos primeiros minutos, o CAD mostrou seu cartão de visitas para o São Miguel, abrindo 2 a 0 – gols do pivô Robert.

Já no segundo tempo, os mandantes vieram para cima tentando descontar a desvantagem e arrancar pontos. Mas a noite era dos visitantes. O goleiro Lucas estava iluminado e, com muita segurança, protegeu a meta guarapuavana.

Faltando 5 minutos para o término da partida, o São Miguel se lançou com goleiro linha para o tudo ou nada; porém, não conseguiu furar a meta do CAD que, nos últimos instantes, ainda ampliou o placar com Thiago, fechando em 3 a 0.

************Com informações da assessoria do CAD