‘Acredito que será um campeonato muito equilibrado’, diz técnico do ACP sobre Terceirona 2021

Com passagens pelo comando de times dos municípios de Guarapuava e Prudentópolis, Dudu Sales encara em 2021 o desafio de dirigir o Atlético Clube Paranavaí (ACP), uma das camisas mais pesadas do interior do Paraná. Na estreia, dia 2 de outubro, o Vermelhinho enfrentará o Foz do Iguaçu

Nome conhecido em Guarapuava e Prudentópolis, o técnico Dudu Sales encara neste ano o desafio de dirigir o Atlético Clube Paranavaí (ACP), uma das camisas mais tradicionais do interior. O “Vermelhinho do fim da linha” já foi campeão da 1ª Divisão em 2007.

Mas, em 2021, o ACP disputará novamente a 3ª Divisão do Paranaense. Neste sábado (2 outubro), às 15h30, o time estreará em casa, no famoso Estádio Dr. Waldemiro Wagner (WW), contra o Foz do Iguaçu FC.

“Tivemos um período de 30 dias para se preparar para o campeonato. Desde o início, sabíamos que o trabalho ia ser muito intenso e árduo. Mas estamos preparados sim para buscar nosso objetivo que é a classificação para a semifinal”, avalia o treinador do ACP, em entrevista ao CORREIO.

Inclusive, Dudu espera muitas dificuldades diante do Foz, que ele avalia como uma equipe qualificada e com o mesmo objetivo do Vermelhinho. “Sabemos que vai ser um jogo de detalhes”, diz, acrescentando que está ansioso pela estreia. “Mas muito feliz em estar aqui para ajudar um clube com essa grandeza a buscar o objetivo do acesso”.

Durante a pré-temporada, o representante do Noroeste do Paraná fez dois jogos-treinos. Segundo o técnico, o clube tem um plantel formado por jogadores jovens e experientes. “Procuramos trazer uma mescla no qual acreditamos que vai ser essencial para fazer uma boa campanha”.

O grupo de atletas deve ser fechado ainda nesta semana. E até esta quinta-feira (30), Dudu saberá quais terão condições de jogo para o pontapé inicial no campeonato.

Plantel do ACP mescla jogadores jovens e experientes (Foto: ACP)

NÍVEL
Para muitos analistas, a Terceirona será um dos campeonatos mais difíceis dos últimos anos, com 12 equipes brigando pelas duas vagas do acesso.

“Acredito que será um campeonato muito equilibrado”, avalia Dudu Sales, destacando que o Grupo B do Paranavaí promete ser muito competitivo. “Um grupo que vai ser definido nos detalhes. Cada jogo uma importância muito grande”.

E o Vermelhinho ainda terá um ingrediente a mais: a distância geográfica. Quando jogar fora de casa, o time do Noroeste terá de percorrer trechos de 500 km, 450 km, 431 km, 350 km, por exemplo. Dudu classifica como um ponto negativo, mas ele diz que é preciso “encarar a realidade e fazer o nosso melhor”.

CAMPEONATO
Na edição de 2021 da Terceirona, os 12 clubes participantes foram divididos em dois grupos regionalizados na 1ª fase.

Assim, o Grupo A é composto por Portuguesa Londrinense, Arapongas EC, Aruko Sports Brasil (ASB), Clube Atlético Cambé (CAC), EC Laranja Mecânica e Rolândia Esporte Clube (REC).

No Grupo B, estão AA Batel, Atlético Clube Paranavaí (ACP), Foz do Iguaçu, Grecal, Iraty SC e Patriotas FC.

Técnico já dirigiu equipes da região Centro-Sul do Paraná (ACP)

1ª RODADA
A 3ª Divisão dá o pontapé inicial neste sábado (2), com os seguintes jogos às 15h30:

Grupo A – Portuguesa Londrinense x Arapongas, REC x Cambé e Aruko x Laranja Mecânica.

Grupo B – Batel x Grecal, Patriotas x Iraty e Paranavaí x Foz do Iguaçu.

CARREIRA
Dudu Sales já passou por vários clubes, como Monte Serrat FC, atuando na função de avaliador técnico, São Bernardo FC (categoria Sub 20), auxiliar técnico, Fernandópolis FC (categoria Sub 20). E técnico no Cascavel Clube Recreativo (CCR), AA Batel e Prudentópolis Futebol Clube.

Dudu é licenciado pela CBF Academy com Licença B, possui curso de Análise de Desempenho pela Universidade do Futebol, Treinando através de Jogos: O Passe, Tática no Futebol, Metodologia de Treinamento no Futebol, Preparação Física no Futebol: Uma nova Abordagem, AOT na Associação Atlética Portuguesa – Portuguesa Santista, Business Case do Clube de Regatas Flamengo, Princípios para ensinar bem o Esporte, Direito do Futebol e participa do Sindicato dos Treinadores Profissionais do Estado de São Paulo.