Simulador de consumo ajuda a calcular gastos dos aparelhos elétricos para evitar desperdício de energia

Disponível no site da Energisa, ferramenta permite identificar o consumo individual dos equipamentos utilizados em cada cômodo da casa

Usar a energia de forma adequada é a principal dica para quem quer economizar. Para auxiliar os clientes a calcular o consumo dos aparelhos elétricos que têm em casa e identificar aqueles gastos que podem ser evitados, a Energisa Sul-Sudeste disponibiliza no site um simulador de consumo.

Fácil e acessível, o simulador é um bom mecanismo para estimular a família toda. O coordenador de Eficiência Energética da Energisa, Thiago Peres de Oliveira, explica que a ferramenta online foi projetada com o intuito de despertar nas pessoas o interesse em conhecer quanto cada aparelho elétrico é capaz de consumir dentro do imóvel. “Quando compreende quais os equipamentos e de que forma consomem mais ou menos energia, a família consegue adotar práticas que comprovadamente ajudam a economizar no dia a dia, utilizando a energia de maneira mais consciente”, destaca.

Ele acrescenta que a simulação feita na ferramenta é hipotética e, por esse motivo, não pode ser utilizada como referência para fins de faturamento. “O consumo do imóvel para faturamento mensal é verificado pelo medidor, equipamento devidamente instalado na residência para calcular o consumo de energia elétrica (kWh) com o máximo de precisão. Todavia, o simulador no site é um auxílio bastante didático na hora de controlar os gastos”, ressalta.

Na prática, o cliente acessa o site www.energisa.com.br e na aba de Serviços Online, seleciona a opção Simulação de Consumo. A página permite que a pessoa indique quais e quantos aparelhos elétricos têm em cada cômodo da casa, além de especificar o tempo – minutos ou horas, por dia e por mês –, em que são utilizados. Essas informações, relacionadas corretamente, são imprescindíveis para que seja feito o cálculo automático do consumo, que traz o valor aproximado do gasto de energia na residência.

“Apesar de poder usar o simulador como uma ferramenta educativa para toda a família, a economia na conta de energia depende dos hábitos individuais e coletivos dos que residem na unidade consumidora”, enfatiza Thiago, resgatando algumas dicas eficazes para o uso eficiente da energia elétrica:

  • Tome banhos mais curtos, de até cinco minutos. Ao ensaboar-se ou lavar os cabelos, desligue o chuveiro;
  • Se precisar usar a geladeira, pense antes do que precisa, para deixá-la aberta somente o tempo necessário. Regule a temperatura interna de acordo com o manual de instruções e nunca coloque alimentos ainda quentes dentro dela;
  • Verifique as borrachas da geladeira para certificar se ainda estão vedando o equipamento;
  • Junte o máximo de roupas que puder e use a máquina de lavar e o ferro de uma só vez;
  • Substitua lâmpadas halógenas e fluorescentes por lâmpadas LED. O custo inicial será compensado com a economia de energia;
  • Não seque roupas atrás da geladeira;
  • Se possível, coloque a geladeira longe dos raios solares, do fogão ou estufa;
  • Ao adquirir equipamentos novos, prefira os que tenham o Selo Procel ou classificação A do Inmetro;
  • Não deixe a TV ligada sem necessidade e evite usar o modo “stand by”, pois ele faz com que alguns equipamentos consumam energia mesmo quando desligados.