Guarapuava gera 292 vagas de emprego formal em janeiro, segundo Caged

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira (10 mar 2022) pelo Ministério do Trabalho e Previdência

Em Guarapuava, o mercado de trabalho gerou 292 vagas com carteira assinada em janeiro. Ou seja, o número de admissões (2.201) ficou acima das demissões (1.909). Isso corresponde a uma variação positiva de 0,69%.

Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado nesta quinta-feira (10 mar 2022) pelo Ministério do Trabalho e Previdência.

À exceção do comércio, que perdeu 10 postos de trabalho, todos os outros setores em Guarapuava fecharam o primeiro mês de 2022 no azul. Confira: Serviços, saldo de +117; Indústria, +80; Construção, +74; e Agropecuária, +31.

E, nos últimos 12 meses, o resultado para Guarapuava é de 2.296 novas vagas.

BRASIL

O Brasil fechou o mês de janeiro de 2022 com um saldo de 155.178 empregos formais, segundo balanço do Novo Caged.

O saldo de janeiro foi resultado de 1.777.646 admissões e 1.622.468 desligamentos. Com isso, o estoque de empregos formais no país chegou a 40.833.533, o que representa uma variação de 0,38% em relação ao estoque do mês anterior.

Os números mostram que, no mês de janeiro, quatro dos cinco grupamentos de atividades econômicas apresentaram saldo positivo, com destaque para o setor de serviços, com a geração de 102.026 novos postos de trabalho formais. O destaque fica para as atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas, que geraram 58.773 postos.

Na sequência vem a indústria geral, que gerou 51.419 postos; construção civil, com 36.809 postos e Agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura, com 25.014 postos. O setor de comércio teve saldo negativo de 60.088 postos.

Situação de Guarapuava em janeiro, conforme consulta ao sistema (Arte: Caged)

SALÁRIO

Para o conjunto do território nacional, o salário médio de admissão em janeiro/2022 foi de R$ 1.920,59. Comparado ao mês anterior, houve aumento real de R$ 115,24 no salário médio de admissão, uma variação em torno de 6,38%.

PARANÁ

O Paraná fechou janeiro com a abertura de 18.351 vagas de emprego com carteira assinada, terceiro melhor resultado do País para o mês. No acumulado de 12 meses, o Estado tem saldo de 167.433 vagas abertas entre fevereiro de 2021 e janeiro de 2022.

O saldo positivo em janeiro se refere à diferença entre 140.945 admissões e dos 122.594 desligamentos no mês. O número representa quase 12% do total de vagas criadas no País no primeiro mês do ano, que chegou ao saldo de 155.178 postos de trabalho formais. O Paraná ficou atrás apenas de São Paulo (48.355) e de Santa Catarina (23.358) em números absolutos de vagas.

*******Com informações de agências