Energisa Sul-Sudeste se destaca entre as melhores do Brasil no ranking da Aneel

Agência reguladora avaliou 46 distribuidoras de energia elétrica em todo o país e Grupo Energisa bateu recordes de qualidade de serviço

Das 46 distribuidoras avaliadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), nove empresas do Grupo Energisa – entre elas a Energisa Sul-Sudeste – estão posicionadas entre as melhores do Brasil no ranking de qualidade no fornecimento de energia elétrica. O maior grupo privado nacional do setor elétrico também foi o que mais ranqueou entre as primeiras colocadas. Isso porque na relação das concessionárias de grande porte (mais de 400 mil unidades consumidoras), sete empresas do Grupo Energisa se destacam entre as 12 melhores. Já entre as distribuidoras de pequeno porte (até 400 mil clientes), duas empresas do Grupo aparecem entre as oito melhores.

Na área de concessão da Energisa Sul-Sudeste, que atende 82 municípios do interior de São Paulo, sul de Minas Gerais e Guarapuava (PR), a companhia teve os seus melhores indicadores históricos. Conforme o ranking da Aneel, a Energisa Sul-Sudeste ocupa a terceira posição entre as melhores distribuidoras do país no quesito qualidade do fornecimento de energia elétrica. Na prática, significa que as interrupções de energia aconteceram em menor quantidade e, quando aconteceram, duraram menos tempo.

“Mesmo em um ano marcado pelos impactos da pandemia de Covid-19, nosso maior desafio foi adotar medidas para a preservação da saúde de nossos colaboradores e clientes, bem como manter a qualidade dos serviços nos municípios onde estamos presentes, sempre visando melhorar os indicadores de qualidade histórico”, afirma Gabriel Alves Pereira Junior, diretor presidente da Energisa Sul-Sudeste, acrescentando que nos últimos cinco anos a empresa investiu cerca de R$ 1 bilhão na sua área de concessão e, para 2021, a previsão é aplicar mais de R$ 100 milhões em obras e melhorias.

A agência reguladora avaliou 46 concessionárias divididas entre companhias com mais de 400 mil consumidores e as com o número menor ou igual a 400 mil clientes.

O ranking é elaborado com base no Desempenho Global de Continuidade (DGC), que considera os valores de DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) e de FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora), comparando-os com os limites estabelecidos pela Aneel.

Conforme o ranking da Aneel, a Energisa Sul-Sudeste ocupa a terceira posição entre as melhores distribuidoras do país no quesito qualidade do fornecimento de energia elétrica (Foto: Ilustrativa/Assessoria)

EVOLUÇÃO HISTÓRICA
O DEC de 2020, que rendeu à Energisa Sul-Sudeste o destaque no ranking, foi de 4,94 horas, o que representa uma redução de 14% na média do tempo em que os clientes ficaram sem energia em relação ao período de 2019. Já o FEC foi de 4,3 vezes, uma melhora de 2,5% ao índice do ano anterior, o que representa que a quantidade de vezes que a energia foi interrompida também diminuiu significativamente.

“Esse reconhecimento é o resultado dos investimentos realizados na modernização da rede elétrica e do compromisso dos nossos colaboradores em fornecer conforto e segurança aos nossos clientes”, enfatiza o diretor Técnico e Comercial da Energisa Sul-Sudeste, Rodrigo Brandão Fraiha.

Rodrigo acrescenta que a empresa comemora uma sucessão de indicadores positivos nos últimos cinco anos. Entre 2015 e 2020, o DEC reduziu 52%, enquanto o FEC caiu 46%.