Energisa alerta: quem contrata profissionais da construção civil deve zelar pela prevenção dos acidentes elétricos

Segurança na execução de serviços perto da rede elétrica deve ser prioridade tanto dos trabalhadores quanto dos contratantes e responsáveis pela obra

Mesmo sabendo dos perigos decorrentes da eletricidade, muitos profissionais e amadores insistem em arriscar a própria vida realizando serviços perto da rede elétrica sem os devidos cuidados. Por esse motivo, o programa Guardião da Segurança da Energisa Sul-Sudeste promove orientações aos trabalhadores da construção civil e à comunidade para evitar acidentes com a rede elétrica. Esse alerta se estende às empresas, empreiteiras, construtoras, responsáveis por obras e serviços, e até cidadãos comuns que contratam os profissionais e precisam se preocupar e cobrar uma conduta de segurança por parte dos trabalhadores.

“Nosso compromisso com a vida ultrapassa o cuidado apenas com os nossos eletricistas, que diariamente têm contato direto com a rede elétrica. Atuamos para conscientizar pedreiros, pintores, serralheiros, instaladores de painéis e antenas, pessoas que fazem podas de árvores e até amadores em pequenos reparos, sobre os cuidados necessários para prevenir acidentes com a rede elétrica”, enfatiza Juliana Volpi Favaretto, coordenadora de Saúde e Segurança da Energisa Sul-Sudeste.

E, devido à seriedade do assunto, a atuação das equipes do Guardião da Segurança vai além dos trabalhadores. A coordenadora acrescenta que a segurança e vida dos profissionais também devem ser prioridade entre as pessoas e empresas que contratam os serviços. “Independentemente de ser uma pequena reforma domiciliar ou a construção de um grande empreendimento, quem contrata um profissional tem responsabilidade sobre a segurança dele e igualmente deve se atentar, orientar e fiscalizar para evitar acidentes e outros problemas”.

ATENÇÃO AOS RISCOS
Juliana explica que às vezes os profissionais se atentam apenas para não encostar o instrumento de trabalho na rede de energia. Porém, há situações em que a proximidade de um equipamento com a fiação pode causar uma descarga por indução elétrica, provocando queimaduras, fraturas, lesões ou até a morte.

Dessa forma, quaisquer atividades que envolvem energia elétrica devem ser realizadas de forma segura e responsável, apenas por profissionais qualificados e autorizados.

Entre as principais orientações aos profissionais, o Guardião da Segurança destaca:

  • Monte andaimes a uma distância segura dos fios e nunca deixe vergalhões e calhas próximo à rede de energia; 
  • Ao manobrar caminhões, cuidado com a rede elétrica. Verifique a altura do caminhão e também da rede; 
  • Sempre use os equipamentos de segurança; 
  • Instale antenas com uma distância segura para que, em caso de queda, ela não toque nos fios da rede elétrica. Caso a antena caia perto dos fios, não tente recuperá-la, pois poderá receber uma descarga elétrica; 
  • Garanta que a instalação será feita longe de para-raios e jamais interligue o cabo da antena aos condutores elétricos; 
  • Ao realizar uma instalação em áreas externas, não arremesse cabos sobre a rede elétrica. Mesmo eles estando encapados, a capacidade de isolamento do material pode não ser suficiente para evitar a passagem da eletricidade;
  • Ao fazer pequenos reparos em aparelhos elétricos, certifique-se de desligá-los da tomada. 
(Foto: Ilustrativa/Redação)

INTERVENÇÕES NA REDE 
Subir em postes, trocar transformadores, fazer instalação de medidores, manobrar equipamentos na rede de energia são serviços que só as equipes da Energisa ou empresas devidamente autorizadas podem realizar, pois estão devidamente preparadas para desenvolver o trabalho com segurança. 

Além de crime, as atividades citadas acima são perigosas e podem causar acidentes fatais. Saiba quais ações que são proibidas de serem realizadas na rede de energia ou próximas a ela: 

  • Instalar câmeras de vigilância, placas publicitárias, cabos de rede de internet (sem a aprovação da distribuidora) e demais equipamentos particulares nos postes; 
  • Instalar, retirar ou adulterar medidores de energia; 
  • Realizar pintura de fachadas improvisando extensores no rolo de pintura; 
  • Fazer cercas ou alambrados sob a rede elétrica sem aterramento e/ou seccionamento; 
  • Subir em transformadores ou estruturas de rede de energia. Somente as equipes da concessionária estão habilitadas a fazer intervenções no sistema. 

CONTATO
Em caso de dúvidas, entre contato com a Energisa Sul-Sudeste pelos canais de atendimento: 

  • Aplicativo para celular Energisa On 
  • Gisa - (18) 99120-3365 (assistente virtual da Energisa pelo WhatsApp) 
  • www.energisa.com.br 
  • Call center – 0800 70 10 326