Secult exibirá gratuitamente ‘O Palhaço’ no novo projeto Cinecultura

A sessão no Teatro Municipal Marina Karam Primak será em 22 de junho, às 19h, com entrada gratuita. Mas é necessário fazer a inscrição antecipada – confira o link no perfil da Secult no Instagram (@culturaguarapuava)

A Secretaria Municipal de Cultura (Secult) e o Sesc iniciam um novo projeto em Guarapuava. Trata-se do Cinecultura, cujo propósito é a valorização do cinema brasileiro.

A iniciativa consiste em sessões gratuitas de produções nacionais, em espaços como a Casa da Leitura (distrito de Palmeirinha), Céu das Artes (no Jardim das Américas) e Teatro Municipal Marina Karam Primak.

O filme de abertura é “O Palhaço”, que tem Selton Mello, Paulo José e a guarapuavana Larissa Manoela no elenco.

Dirigido pelo próprio Selton, esse longa-metragem conta a história de Benjamim (Selton Mello) e Valdemar (Paulo José), que formam a fabulosa dupla de palhaços Pangaré e Puro Sangue. Benjamim é um palhaço sem identidade, CPF e comprovante de residência. Ele vive pelas estradas na companhia da divertida trupe do Circo Esperança. Mas Benjamim acha que perdeu a graça e parte em uma aventura atrás de um sonho.

A classificação indicativa é de 10 anos.

Guarapuavana Larissa Manoela está no elenco do filme (Foto: Divulgação)

DATA
No próximo domingo (19 jun 2022), comemora-se o Dia do Cinema Brasileiro. Segundo o site Brasil Escola, essa data foi escolhida porque remete àquele que teria sido o primeiro dia em que foram feitas imagens a partir da tecnologia do cinematógrafo no Brasil, isto é: o dia 19 de junho de 1898.

“Tais imagens foram gravadas a bordo do navio Brésil, que havia saído de Boudeaux, na França, onde o italiano Afonso Segreto tinha acabado de fazer um curso sobre a operação do cinematógrafo e, de lá, acabou trazendo um dos equipamentos para o Brasil. As imagens capturaram o cenário da Baía de Guanabara, no Rio de Janeiro”, diz o site.

Alguns historiadores contestam o fato de que Afonso tenha feito as primeiras imagens cinematográficas no Brasil, alegando que, um ano antes (em 1897), na cidade de Petrópolis, alguns filmetes podem ter sido gravados a partir do uso de um modelo de cinematógrafo criado pelo cientista americano Thomas Edison.

SERVIÇO
A sessão no Teatro Municipal Marina Karam Primak será em 22 de junho, às 19h, com entrada gratuita. Mas é necessário fazer a inscrição antecipada – confira o link no perfil da Secult no Instagram (@culturaguarapuava).