Novo single de Preto Martins estreia hoje (9) nas plataformas digitais

“Pra não te bagunçar” está disponível para audição. Composta e produzida por Martins, a faixa tem a participação especial da cantora Bruna Thimoteo e do percussionista Leon Adan

“Meu jaz
Meu bem querer que leva e traz
Mais paz para viver, para ficar
Bem mais
Meu bem querer que leva e traz
Mais paz para viver, para ficar”

Assim começa o novo single do artista guarapuavano Preto Martins, “Pra não te bagunçar”, que estreou nas plataformas digitais ao final da manhã desta terça-feira (9 fevereiro).

Composta e produzida por Martins, a faixa tem a participação especial da cantora Bruna Thimoteo e do percussionista Leon Adan.

Segue o som: “Me respeitar, te respeitar também/Nada demais, parece simples/Mais vigiar, leve sempre convém/Fácil não é, tem de se esforçar/Afinal não queres amar, amar é viver/Não pode ser sofrer/Não tem que ser difícil”.

Como já havia sido adiantado pelo CORREIO, a nova canção traz cada vez mais a caminhada do compositor para gravar suas músicas. É uma mistura de elementos do brega, do funk e do afrobeat moderno.

“Essa segunda música já fala muito mais sobre mim, sobre um lado até mais ‘eu’, com toda a cultura que eu absorvo, de diversos gêneros musicais”, diz o guarapuavano. “Mostra muito essas vertentes que eu gosto de passear. Ela mostra esse lado mais alternativo meu. Está bem diferente de ‘Me aquece’. Você vai encontrar o mesmo cara, mas uma outra faceta minha, mais profunda, eu diria”, disse à época.

O single “Pra não te bagunçar” é o segundo; em 2020, ele havia lançado “Me aquece”, pontapé inicial na sua carreira solo – que vem se desenvolvendo desde então. Atualmente, Martins está radicado em Curitiba, capital do Paraná.

“Foi bem importante pra mim, pra minha carreira como um todo. Foi a concretização desse desejo, desde sempre, de gravar minhas composições e fazer isso tudo ‘na moral’, independente”, afirma. À época, Martins produziu e teve a percussão de Leon e o backing vocal de Thimoteo. “Coisas que eu nem esperava acontecer na carreira, aconteceram graças a essa música”.

PARCERIAS
De acordo com Martins, a cantora Bruna Thimoteo tem influência direta em seu trabalho.

Juntos eles têm o duo Mirra, que permanece estacionado enquanto a dupla desenvolve trabalhos solos. “Mas, ao mesmo tempo, isso é o Mirra. É a Bruna somando nas minhas composições e eu sempre somando nas dela. Eu vou produzir o álbum dela”.

“Ela cantar comigo nessas duas primeiras músicas é muito representativo desse suporte que ela me dá, desse relacionamento incrível que a gente tem”, acrescenta. “É como se fosse uma reflexão de tudo que eu tenho aprendido”.

CAMINHOS
Do Pop à Música Popular Brasileira (MPB) “mais cult possível”, como diz Preto, suas inspirações são variadas e passam por caminhos diversos. No seu ponto de vista, isso forma uma “salada” nas suas composições.

Referindo-se a “Pra não te bagunçar”, ele cita Giovani Cidreira, Masego, Luísa & Os Alquimistas e Hiran e Tom Veloso como exemplos de referências. “Tudo que traz essa matriz que mistura a MPB com a música, assim, desse afrobeat moderno, assim como essa galera da música baiana”, explica.

*****************Com informações de Douglas Kuspiosz