Concerto ‘Viva La Vida’ celebra a música e a superação das dificuldades durante a pandemia

As apresentações no Teatro Municipal Marina Karam Primak foram em duas sessões nesta terça-feira (7). Boa parte do público era de familiares e amigos dos músicos que participam da Banda Jovem, Orquestra e Coral Municipal, projetos promovidos pelo Departamento de Cultura

Uma noite para celebrar a vida, a superação das dificuldades enfrentadas neste ano e o poder transformador da música. Pela primeira vez os três grupos que integram a Corporação Musical de Guarapuava se apresentaram juntos no concerto ‘Viva La Vida’.

“A batida da música faz o nosso coração pulsar junto! Toda a emoção da música, a gente cantando, tocando, causa sentimento, tanto em nós quanto em quem tá assistindo, é algo muito bom”, declarou a coralista Flávia Pires.

As apresentações no Teatro Municipal Marina Karam Primak foram em duas sessões nesta terça-feira (7). Boa parte do público era de familiares e amigos dos músicos que participam da Banda Jovem, Orquestra e Coral Municipal, projetos promovidos pelo Departamento de Cultura.

“Foi uma emoção ouvir a orquestra pela primeira vez. Minha filha começou a fazer parte do coral no ano passado, agora tive oportunidade de vê-la. Estou muito emocionada e é importante investir na música e nesses jovens”, disse satisfeita Leiziane Rodrigues.

“Mesmo no momento pandêmico conseguimos fazer muitas coisas e levar a música para as pessoas. Estou orgulhosa de vocês. Esses meninos precisam cada vez mais de holofotes, palco e oportunidades. Obrigado aos familiares por estarem conosco e acreditarem nesse trabalho, nós precisamos do apoio deles para que os jovens continuem brilhando”, discursou a diretora de Cultura, Rita Felchak.

Diretora de Cultura, Rita Felchak (Foto: Secom)

EMOÇÃO
As vozes de crianças, jovens e adolescentes trouxeram a emoção do soul com ritmo marcado pelas palmas e singeleza e ternura às canções de Natal. O repertório da banda e da orquestra hipnotizou a plateia durante quase uma hora com a grandiosidade da música clássica, destacando os instrumentos de corda e sopro, passando por hits do pop internacional conduzidos pela batida da percussão. “Gostei de tudo. Estava maravilhoso, dá muita emoção, muito lindo!! Parabéns!!”, enfatizou dona Licelena Mérit, sem conseguir escolher qual apresentação chamou mais atenção.

Gustavo Neves é violinista há 6 anos e disse que estava ansioso para esse momento, depois de dois anos sem atividades presenciais devido a pandemia. “Ficamos muito felizes de ver a casa cheia. Foi muito treino, muitas horas sentado estudando, dedicação, é uma coisa excepcional, todo esforço valeu a pena. Nesses momentos que a gente vê que valeu a pena!”, falou.

(Foto: Secom)

MENSAGEM
A música “What a Wonderful World”, de Louis Armstrong, foi uma das escolhidas para levar uma mensagem especial ao público: apreciar as belezas e a simplicidade de cada momento da vida, mantendo vivo o espírito de união e solidariedade.

“Os momentos de dificuldade que nós passamos foram superados porque as pessoas se ajudaram, um colega ajudou ao outro que não tinha roupa, todos se abraçaram em torno de um projeto. Nós colocamos umas músicas muito especiais para o público. Hoje foi um momento muito feliz, quisemos trazer alegria para a população”, disse o maestro Oriel Bezerra da Silva.