Ainda dá tempo de acompanhar: Festival de Teatro de Curitiba termina neste final de semana

O Governo do Paraná apoia o Festival por meio da Copel e da Sanepar, além de ceder seus espaços culturais. Mesmo em reta final, no entanto, as atividades ainda respiram nos teatros, na rua e em outras mostras

Curitiba respirou arte por duas semanas. Do AmarElo de Emicida, com duas apresentações lotadas no Guairão, à “Cura”, da renomada coreógrafa Deborah Colker, foram dias intensos. Outros sotaques ganharam as ruas, artistas desconhecidos e famosos voltaram aos palcos e a cena cultural alcançou os bares, os restaurantes e a rede hoteleira.

E neste final de semana, após intensa programação, se encerra a 30ª edição do Festival de Curitiba. O Governo do Paraná apoia o Festival por meio da Copel e da Sanepar, além de ceder seus espaços culturais.

Mesmo em reta final, no entanto, as atividades ainda respiram nos teatros, na rua e em outras mostras. Na principal, Lúcia Camargo, a peça “Abjeto – Sujeito” terá duas sessões neste sábado, às 18h e às 21h, no Sesc da Esquina. “A Hora da Estrela” terá apresentações no sábado, às 21h, e no domingo, às 19h, no Guairão. Mesmos dias e horários para “A Aforista – Processo de Criação”, no Teatro Zé Maria, e o “O Casamento”, no Teatro da Reitoria.

No Guairinha, “Angels in America” Parte 1 começa às 18h, no sábado, e às 17h, no domingo. E “Angels in America” Parte 2 tem início às 21h no sábado e às 20h no domingo.

A programação na mostra Festival na Rua movimentará a cidade neste sábado, começando com “Nati Bermudez”, às 10h, no Largo da Ordem. Às 11h, na Santos Andrade, tem “Show Menescal”. No mesmo horário, em São José dos Pinhais, tem apresentação de “Aconteceu no Brasil – ARTE DA COMÉDIA – ESCADARIAS”.

Ao meio-dia, nas Ruínas São Francisco, “Quer brincar de alguma coisa, quer coisa?”. Às 13h, na Boca Maldita, “As Peripércias de Ama e Baltazar – CiA SONORA”. Às 14h30, “Bamberê – Grupo Baquetá, na Santos Andrade, e “Cia de Dança Juliana Ribeiro”, na Praça da Bíblia, em Araucária.

Na sequência, às 15h, cinco espetáculos simultâneos: “O barão da bosta de Curitiba”, no Parque Barigui; “Flamenco para todos”, na Praça Rui Barbosa, Banana pra nois – Circoon, em São José dos Pinhais; e Teimosinho e Mandão, no Centro Cultural Boqueirão.´ Às 16h tem “Tintino, o espetáculo continua – RODRIGO DE OLIVEIRA”, nas Ruínas São Francisco. Às 17h tem “Dança – Interlocuções, na Praça Santos Andrade, e “Marcelo Ouro”, no Largo da Ordem.

Às 18h, “Teatro Lambe Lambe”, na Santa Andrade, Hi Breasil, no Parque Barigui, e às 18h30, “CTT – Os Esquecidos”, na Boca Maldita, e Canções para Você Respirar, com Leo Fressato, na Boca Maldita. O encerramento acontece com “Roberta, uma Ópera Rock”, no Centro Cultural Boqueirão, e “Negro não Nego”, nas Ruínas São Francisco, ambas às 20h.

OUTRAS MOSTRAS

No domingo, às 18h, na Live Curitiba, tem MishMash, com o melhor da arte circense. No Guritiba, neste sábado, “Cortejo e Contação de Histórias”, das 15h às 17h, no Shopping Muller. No Interlocuções, tem bate-papo com os “Fodidos e Privilegiados”, neste domingo, das 14h30 às 17h30. Confira a programação completa e detalhes sobre os espetáculos no site oficial festivaldecuritiba.com.br.