Concorrência no universo do streaming tem altos e baixos nos EUA

A Netflix ainda tem 74 milhões de assinantes nos Estados Unidos e Canadá, e 209 milhões em todo o planeta, o que a coloca na liderança do mercado de streaming por larga vantagem. Confira também na coluna: novos preços da Netflix no Brasil, webcomic “Expedição 43”, manifesto contra a privatização dos Correios, concurso Novas Letras Novas Caras, produção brasileira no serviço HBO Max, curta-metragem guarapuavano “Isolation” na Mostra de Cinema Experimental/UFS Cine Vitória

A “guerra do streaming” pelas assinaturas vem se acirrando com queda de um e subida de outro. Segundo o jornal Financial Times, a HBO Max obteve 2,4 milhões de novos assinantes nos Estados Unidos no segundo trimestre, e centenas de milhares de americanos cancelaram suas assinaturas na Netflix. A companhia tinha 12,1 milhões de assinantes pessoa física no serviço HBO Max pelo final de junho, ante 9,7 milhões no final de março. Em contraste, a Netflix perdeu 430 mil assinantes nos Estados Unidos e Canadá no mesmo período.

Netflix
A Netflix ainda tem 74 milhões de assinantes nos Estados Unidos e Canadá, e 209 milhões em todo o planeta, o que a coloca na liderança do mercado de streaming por larga vantagem. Mas investidores e analistas estão preocupados com sua desaceleração na América do Norte.

Streaming
No caso do Brasil, ainda é cedo para medir o impacto recente da alta média de 22% nas mensalidades da Netflix. Muitos consumidores devem optar por trocar por planos mais em conta do mesmo serviço; ou até mesmo cancelar a assinatura e contratar dois ou três plataformas de streaming que têm preço mais barato.

Streaming 2
Mas com tantas opções de streaming, logo veremos o “estouro da bolha”. Afinal, não há orçamento suficiente entre os brasileiros para assinar ao mesmo tempo Netflix, Amazon Prime Video, Globoplay, Disney+, HBO Max, Paramount+… e ainda vem aí o Star+.

Brasil
Por falar em HBO Max, na semana passada a plataforma estreou sua primeira produção brasileira original. Trata-se de “Os ausentes”, série policial sobre pessoas desaparecidas. Segundo o jornal Folha de S.Paulo, a nova produção é o início de um ambicioso plano de investir em mais de cem produções latino-americanas nos próximos dois anos. Nesse sentido, cinco filmes brasileiros devem chegar ao serviço neste primeiro ano de funcionamento.

Quadrinhos
De Curitiba, os quadrinistas Greg Stella (roteiro) e Bianca Pinheiro (desenhos) produzem a webcomic “Expedição 43”. Por enquanto, está disponível gratuitamente apenas a primeira página do material nas redes sociais (Instagram dos autores ou do próprio projeto) e no Tumblr (https://expedicao43.tumblr.com/). A ideia é atualizar duas vezes por semana. Pelo que se viu até agora, é a história de dois personagens que se tornaram “expedicionários oficiais”, mas sem muita vocação para a coisa. “Conta as aventuras dos sobreviventes da Arca Ômicron”, diz o projeto.

Trecho da primeira página da nova série (Foto: Reprodução)

Quadrinhos 2
Moradora de Curitiba, Bianca Pinheiro é a quadrinista por trás de “Bear” – Volumes 1 (2014), 2 (2015) e 3 (2016), “Dora” (2014, 2016), “Alho-Poró” (2017, 2020) e dos volumes “Mônica – Força” (2016) e “Mônica – Tesouros” (2019) – dentro do selo Graphic MSP, cuja proposta é reimaginar os personagens clássicos da Turma da Mônica em edições únicas e feitas por autores convidados. Junto com Greg Stella (roteiro), Pinheiro já produziu “Eles Estão Por Aí” (2018) e “Sob o Solo” (2019).

Correios
Editores estão juntos contra a privatização dos Correios, cujo projeto de lei 591/2021, que prevê a venda da estatal, corre na Câmara dos Deputados, em Brasília. Segundo o portal PublishNews, a Liga Brasileira de Editoras (Libre) se uniu aos grupos Coesão Editorial e Minas pelo Livro para compor esse manifesto. Ao todo, os três grêmios reúnem mais de 300 editoras, de acordo com os organizadores. Para os signatários do documento, o que está em jogo é a garantia de que os livros continuarão a chegar a todos os lugares do país por um preço razoável.

Correios 2
Hoje, os Correios dispõem de um serviço específico para livros, o “Impresso com registro módico”, praticando preço econômico para o envio de livros e atendimento nacional. “A logística garantida pelos Correios como empresa estatal ficará comprometida quando interesses privados julgarem a viabilidade econômica da capilaridade dos Correios e submeterem essa decisão ao Conselho Administrativo de uma empresa sem compromisso com o país, apenas com o lucro imediato”, diz o documento. A íntegra do manifesto de editores pode ser conferida na página oficial da Libre no Facebook (www.facebook.com/ligabrasileiradeeditoras/).

Concurso
A RevistaRia – revista eletrônica de literatura e artes abriu as inscrições para a segunda edição do concurso Novas Letras Novas Caras. A ideia do concurso é encontrar os novos nomes da literatura e da arte brasileiras. Serão aceitos textos literários, como ensaios, crônicas, contos e poemas, além de cartuns, ilustrações, colagens e fotografias, com temática livre. As inscrições podem ser realizadas no e-mail [email protected] Os textos e as artes selecionados serão anunciados no dia 14 de setembro e publicados na 17ª edição da revista.

Curta
O curta-metragem guarapuavano “Isolation” participa da Mostra de Cinema Experimental/UFS Cine Vitória, com exibição online de 26 de julho a 8 de agosto. Com direção, produção, roteiro e fotografia de Clério Back (fotógrafo, professor e diretor em Guarapuava), o filme explora uma nova realidade, apresentando a mídia e a informação como meio de escape, carregada por um personagem desconexo e preso nesse ambiente de isolamento e incerteza.

Canal
Iniciativa realizada pelo curso de Cinema e Audiovisual do Departamento de Comunicação Social (DCOS) da Universidade Federal de Sergipe (UFS), em parceria com a Pró-reitoria de Extensão da Universidade Federal de Sergipe (PROEX) e o Cinema Vitória, o Projeto UFS | Cine Vitória Online visa a propagação da cultura audiovisual no estado e o aumento do acesso a filmes nacionais e internacionais, clássicos e contemporâneos, produções universitárias, locais, etc.