Faep mobiliza bancada paranaense em defesa do crédito rural

Equalização da taxa de juros é fundamental para manter o campo produzindo, principalmente em cenário de alta nos custos de produção

Na última quarta-feira (9), a Federação da Agricultura do Estado do Paraná (Faep) encaminhou um ofício aos deputados estaduais e federais do Paraná solicitando apoio junto ao Ministério da Economia (ME) para recompor os recursos orçamentários destinados à equalização dos juros dos financiamentos rurais.

“Sem a sensibilidade do governo federal para essa questão, a inflação que já está corroendo a renda do cidadão, vai ficar ainda maior. Se você aumenta o custo da produção no campo, consequentemente aumenta o preço do alimento no supermercado, você impacta toda sociedade”, declarou o presidente do Sistema Faep/Senar-PR, Ágide Meneguette.

O ofício da Federação encaminhado aos parlamentares paranaenses, também alerta para a urgência desse ajuste e pede que os legisladores mobilizem o congresso nacional para corrigir essa falha.

De acordo com o aviso número 4/2022, ficou suspensa a contratação de operações de crédito entre 7 e 28 de fevereiro, conforme determinado pela Secretaria do Tesouro Nacional, “relativamente aos Programas Agropecuários do Governo Federal, com recursos do BNDES, sujeitos à Portaria do Ministério da Economia nº 7.867, de 1/7/2021, do Ano Agrícola 2021/2022”.