Secretaria de trânsito discute ações para redução de acidentes

Foram registrados 268 acidentes de trânsito no primeiro semestre deste ano, em Guarapuava. No ano passado o número chegou a 559 acidentes

A Secretaria de Trânsito e Transportes (Setran), está mobilizando a sociedade para a redução do número de acidentes no município. De acordo com o secretário, Adalberto Campos, até julho deste ano foram registrados 268 acidentes. Já em 2020, o número total de colisões foi de 559. Essa tendência de crescimento e o grande número de acidentes ocorridos nos últimos dias foram abordados durante reunião promovida nesta sexta-feira (20), acompanhada também de forma remota. 

“Estamos traçando novas ações e estratégias de reeducação dos motoristas guarapuavanos. Queremos criar mecanismos que permitam diminuir o número de acidentes, conscientizando os motoristas. Sabemos que várias causas de acidentes podem ser combatidas com a realização de campanhas educativas, chamando a atenção dos condutores.”, explicou Adalberto. 

Durante o encontro, o secretário também apresentou as principais causas de acidentes. “Os motivos estão associados com a desatenção no trânsito com o uso de celular, o consumo de álcool e o desrespeito às normas de trânsito como a ultrapassagem em locais proibidos e o excesso de velocidade”, afirmou.

Reunião foi transmitida via internet e foi acompanhada por representantes de diversos setores da sociedade.

Membros do Conselho Municipal de Trânsito e Mobilidade Urbana também estiveram presentes na sede da Setran. “Cada participante teve oportunidade de apresentar sugestões. O próximo passo é a definição dos modelos que serão utilizados para atuar junto a população”, disse o presidente do conselho e secretário de Planejamento e Urbanismo, Paulo Dirceu de Souza. 

Para o chefe do Detran Guarapuava, Sérgio Kissula, a iniciativa é muito importante para redução de acidentes. Segundo ele, só no primeiro semestre de 2021, Guarapuava já alcançou o mesmo número de multas, em função de acidentes, registrados durante o ano de  2020. “Precisamos urgente promover ações de educação no trânsito. É por meio dela que vamos gerar transformações, principalmente para nossos novos motoristas”, finalizou. 

Na próxima segunda-feira (23), a comissão se reunirá novamente para discutir as etapas da campanha. Estiveram presentes, secretários e vereadores municipais, representantes do setor de transportes e empresários.

**********Com informações da Secretaria de Comunicação (Secom)