Passagem de comando do 16º BPM ocorreu na terça-feira (16)

Tenente-coronel Joas Lins assume o comando do batalhão após major Cubas ficar dois anos no cargo

A passagem de comando do 16º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ocorreu na terça-feira (16), com um evento realizado na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Guarapuava. Após dois anos no comando do batalhão, major Cristiano Cubas deixou o cargo, que agora passa a ser assumido pelo tenente-coronel Joas Marcos Carneiro Lins, que comandava o 27º BPM em União da Vitória.

O prefeito de Guarapuava, Celso Góes (Cidadania), destacou a parceria entre o município e o trabalho realizado pela PM.

“O major Cubas e sua tropa foram essenciais nos trabalhos de fiscalização e, ao mesmo tempo, continuaram desempenhando suas funções de forma exemplar, um verdadeiro trabalho de doação. Desejamos ao novo comandante tenente-coronel Joas todo sucesso nesse novo desafio”, ressaltou

Para o ex-comandante, o tempo em que esteve à frente do 16º BPM foi de muitas conquistas, parcerias, aproximação junto à população e valorização do policial. 

“Nesse meu período também como comandante, eu tive situações marcantes, eu aprendi muito com algumas pessoas que exerceram o comando do 16° BPM”, disse. “Além disso, nas diversas ações que tivemos, tanto sociais, de instrução ou de valorização do policial, conseguimos êxito no nosso objetivo de levar para a sociedade um policial militar muito melhor e mais preparado.”

De acordo com o tenente-coronel Joas, seu trabalho será de continuidade e de proximidade, com ações voltadas à polícia comunitária. 

“A mudança de comando vai diferenciar a filosofia de trabalho a nível de contato com a tropa. A disposição do nosso efetivo com a sociedade, viatura na rua, policiamento preventivo nas praças, rondas noturnas, isso não vai mudar. Nós estaremos apresentando ações estratégicas de forma mais incisiva”, explicou.

******Com informações da Secom