Homem agride esposa e filha no bairro Conradinho

Foram duas ocorrências de violência doméstica registradas pela Polícia Militar nesta quarta-feira (16); No Industrial, uma mulher foi agredida e teve as roupas rasgadas pelo marido

Dois casos de violência doméstica com agressão foram registrados pela Polícia Militar (PM) na manhã e noite desta quarta-feira (16), em Guarapuava.

O primeiro atendimento ocorreu no bairro Conradinho. Uma mulher (33 anos) pediu ajuda da polícia depois dela e da filha serem agredidas pelo marido. 

Conforme o relato, o casal teve um desentendimento e o homem passou a bater na esposa com tapas e socos na cabeça. A filha, menor de idade, tentou intervir e também foi agredida. A menina teve uma lesão próxima ao olho esquerdo.

Depois de bater nas duas, o sujeito saiu e não foi encontrado. De acordo com a PM, a mulher contou que ele é agressivo com elas e com os filhos.

INDUSTRIAL

Já na noite desta quarta-feira (16), a polícia recebeu a informação que uma moradora do bairro Industrial estaria gritando por socorro. 

Já no local, os policiais constataram que se tratava de uma situação de violência contra mulher. Segundo o relatório, o marido tinha agredido a vítima com um facão, causando hematomas nas pernas, barriga e cabeça. 

Além disso, o agressor rasgou as roupas da esposa. A polícia fez um patrulhamento e encontrou o mesmo em posse de um facão. 

Diante dos fatos ele foi preso e conduzido até a 14º Subdivisão Policial (SDP).