Sesa recebe 37 ventiladores doados pelo Sistema Ocepar

Os equipamentos serão utilizados para equipar leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) adulto e pediátrico para atendimento a pacientes Covid-19

A Secretaria de Estado da Saúde recebeu na segunda-feira (8) 37 ventiladores pulmonares doados pela Organização das Cooperativas do Paraná (Ocepar). Os equipamentos serão utilizados para equipar leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) adulto e pediátrico para atendimento a pacientes Covid-19.

O governador, Carlos Massa Ratinho Júnior, destacou a união de forças para enfrentar este momento de pandemia. “Contamos com a ajuda de todos neste momento difícil pelo qual estamos passando. É o período mais delicado que o Paraná passa e agradecemos a Ocepar por todo esse empenho em nos auxiliar para abrir mais leitos de UTI”.

Os equipamentos totalizam investimento de R$ 2,2 milhões. O valor foi reunido por meio da articulação da Ocepar e suas cooperativas associadas.
O secretário de Saúde, Beto Preto, afirmou que a rapidez na aquisição é essencial para organização e ativação de mais leitos. “Recebemos com muita alegria e com alívio esses equipamentos. Estamos em processo de compra, mas pela característica de instituição de governo, é preciso seguir todo o rito de aquisição e isso demanda tempo.”

A organização das cooperativas para a compra dos equipamentos durou aproximadamente um dia. O presidente da Ocepar, José Roberto Ricken, explicou que a mobilização é muito forte para o bem da comunidade. “Há uma sensibilidade muito grande para ajudar a saúde de todos. Nós, como cooperativas, temos como um dos princípios a responsabilidade com a comunidade e é isso que fizemos com a doação desses equipamentos, nos reunimos e adquirimos o que pudemos para beneficiar mais pessoas”.

Para Ricken, a responsabilidade social é compartilhada. “Nós temos essa característica enquanto cooperativas, pensamos pelo bem da região em que estamos inseridos. Por isso, esta semana teremos rodadas de reuniões para pensar e agir para tentar auxiliar mais a melhoria das condições para a saúde. Tendo saúde o restante a gente resolve”.

DOAÇÕES 

Ao todo onze cooperativas doaram valores que reunidos chegaram à R$ 2,2 milhões e possibilitaram a compra de 37 equipamentos. São elas: Lar, C.Vale, Copacol, Coopavel, Frimesa, Copagril, Primato, Sicredi Palotina, Sicredi Cafelândia, Sicredi Toledo e Sicredi Marechal Cândido Rondon.

(Reportagem: Sesa/com revisão)