Guarapuava é a primeira cidade do Brasil a lançar o Projeto 20+

O lançamento ocorreu na manhã desta segunda-feira (27), na Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig)

O ex-procurador do Ministério Federal, Deltan Dallagnol, e o ex-presidente do Instituto Mude Combate Contra a Corrupção, Fábio Oliveira, lançaram em Guarapuava o Projeto 20+. A cidade localizada na região central do Paraná foi a primeira do Brasil a sediar o lançamento do projeto, na Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava (Acig).

O Projeto 20+ é uma iniciativa apartidária de voto consciente, inspirado no Projeto 200+, que é direcionado para o Congresso Nacional. O movimento no Paraná tem como objetivo eleger mais de 20 deputados estaduais na Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), que tenham compromisso com três princípios: preparação política, transparência e fiscalização. De acordo com o divulgador do projeto, Deltan Dallagnol, o encontro foi realizado em Guarapuava por conta da representatividade do município no estado e pelo engajamento dos membros da associação em fazer o projeto acontecer. “O Projeto 200+ trabalha com a ideia de colocar mais de 200 deputados e senadores que tenham compromisso com o combate à corrupção, com a preparação política e com a redução ou extinção do fundo eleitoral. E ao mesmo tempo é preciso fazer uma mudança na Assembleia, por isso, o projeto 20+ trabalha com a ideia de colocar na Alep mais de 20 deputados estaduais que tenham o compromisso com a fiscalização, transparência e preparação política”, destaca Deltan Dallagnol.

O lançamento ocorreu na Associação Comercial e Empresarial de Guarapuava, porque a iniciativa surgiu dentro da entidade. Conforme Fábio Oliveira, também divulgador do projeto, houve um questionamento sobre ações para a Assembleia Legislativa do Paraná durante uma reunião que ocorreu em abril de 2022. “Para mim é uma alegria enorme participar desse lançamento aqui na cidade. Eu sou guarapuavano, minha família toda mora aqui. E saber que esse projeto nasceu em Guarapuava é uma realização”, discorre Fábio Oliveira.

Em ambos os projetos, os candidatos assinam um termo de compromisso com as pautas e o movimento deverá divulgar, após o registro das candidaturas, a lista daqueles comprometidos com as causas para ajudar na escolha do eleitor. Próximo das eleições, as plataformas serão uma fonte de pesquisa para a população saber quais candidatos que se comprometeram com esses princípios.

Foto: Assessoria

Para o desenvolvimento do site 20+, o projeto conta com o apoio do empresário Robson Krieger, proprietário da K13 Agência Web, que também está entre os apoiadores da iniciativa. “Fazer parte do 20+ é uma oportunidade que eu tenho de tentar fazer algo para a sociedade. Eu como pessoa física e minha empresa, junto com os nossos colaboradores, sabemos que as mudanças ocorrem de pequenos pontos, porque uma coisa grande nunca vai acontecer de cima para baixo. O projeto 20+ realmente fará uma diferença para a sociedade”, ressalta o desenvolvedor da plataforma.

Mantendo a preocupação com o desenvolvimento da região, a Acig entende que todas as demandas passam pela área política. Dessa forma, as primícias dos projetos 200+ e 20+ vem ao encontro do que a sociedade procura. O Vice-presidente da entidade, Claudinei Pereira destaca sobre a importância desse apoio com o movimento. “Isso é uma honra para a Acig. Entendemos que o Brasil vive um momento muito importante e que as entidades precisam se posicionar. Sem dúvidas, o centro do Paraná é o melhor lugar para se começar um projeto como esse”.

Foto: Assessoria

Conforme os divulgadores dos projetos, os dois contam com uma agenda extensa para os próximos meses no interior do Paraná, Curitiba e Região Metropolitana.

********Texto/reportagem: Assessoria/Acig