Guarapuava, 17 de janeiro de 2019
Política

De saída do Partido Socialista Brasileiro (PSB), o vereador está articulando a sua filiação a uma legenda alinhada ideologicamente com Ratinho Junior e Jair Bolsonaro

-

As eleições municipais só irão ocorrer em 2020, mas o vereador Rodrigo Crema (PSB) já está articulando a sua candidatura à Prefeitura da “terra do lobo bravo”. De modo geral, ele afirmou que quer trazer “o discurso do presidente Jair Bolsonaro” para Guarapuava, sintetizado na valorização da família, no combate às drogas, ao aborto e à “ideologia de gênero”.

O parlamentar falou com exclusividade ao CORREIO sobre a possibilidade de disputar o próximo pleito, e afirmou que terá a saúde como a sua principal bandeira, tanto no que diz respeito aos avanços para a população, quanto à valorização dos profissionais da área.

“O foco principal da campanha e de um possível governo vai ser melhorias na saúde”, pontuou, garantindo que manterá os distritos da Palmeirinha, do Guará, do Guairacá e de Entre Rios com disponibilidade de ambulâncias 24 horas, médicos e dentistas. “Para mim, os distritos são as regiões mais carentes, onde a população que mora é mais pobre, a que mais tem dificuldades de locomoção”, disse, justificando a necessidade de estes serviços estarem à disposição nos distritos.

Além disso, Crema colocou a aplicação de uma gestão plena na saúde como outra promessa de campanha. Ele acredita que o atual modelo de pagamento através do Sistema Único de Saúde (SUS) é burocrático e atrasa o recebimento dos valores por parte das clínicas e hospitais. “Se nós tivermos gestão plena, quando o hospital enviar as notas para Brasília, já irá receber diretamente no próximo mês”, explica, ressaltando que no modelo atual os recursos são intermediados pelo governo estadual.

Em relação ao Hospital do Câncer, ele disse que quer ser um “parceiro” da unidade, já que irá atender a população mais carente do município e da região. “Quero que a minha população tenha um serviço total e completo para o tratamento do câncer”.

Queremos continuar desenvolvendo os bairros da cidade, que é onde a população mora

EDUCAÇÃO

Adepto do presidente Jair Bolsonaro (PSL), o vereador afirma que é “totalmente contra a ideologia de gênero” nas escolas. Ele também disse que irá articular com o futuro titular da Secretaria de Educação e Cultura uma forma de proibir o uso de celulares nas unidades de ensino, já que, no seu ponto de vista, isso acaba distraindo o aluno. “É um meio importante de segurança, mas chegou na sala de aula precisa desligar”, completa.

Crema colocou a valorização dos professores através de treinamentos, incentivos e melhores salários como algo fundamental “para que nossas crianças recebam uma educação de qualidade”.

SECRETARIA

O parlamentar disse que irá criar uma secretaria para buscar a captação de recursos a nível estadual e federal com o objetivo de construir novas creches, escolas e realizar obras no município, além de angariar recursos para hospitais e outros órgãos públicos.

Para mim, os distritos são as regiões mais carentes, onde a população que mora é mais pobre, a que mais tem dificuldades de locomoção

BAIRROS

“Queremos continuar desenvolvendo os bairros da cidade, que é onde a população mora”, disse Crema. Para ele, o projeto “Rua Centro de Bairro” precisa ser continuado, já que propiciou melhorias nas regiões distantes da área central do município.

“Foram abertas mais lojas e mais empregos nesses bairros, devido a esse investimento em infraestrutura”, acredita.

SEGURANÇA

Crema disse que a segurança pública é primordial, e que terá uma “parceria de irmão” com o governador Ratinho Junior, a fim de garantir a valorização da Polícia Militar.

Veja Também