Guarapuava, 15 de novembro de 2019
#curta!

Com apoio da Diretoria de Cultura da Unicentro, a Alac e o IHG promovem na noite desta quarta-feira (29 maio) o projeto Conversas Musicais na histórica Casa Joaquim Cardoso Teixeira. O evento é aberto a toda população de Guarapuava

-

Encravada no Centro de Guarapuava, a Casa Joaquim Cardoso Teixeira é um patrimônio histórico cercado de memórias e do presente.

Do primeiro degrau às grandes paredes, a edificação localizada na rua Senador Pinheiro Machado registra parte da trajetória dos guarapuavanos.

Não à toa, hoje a Casa é sede da Academia de Letras, Artes e Ciências de Guarapuava (Alac) e do Instituto Histórico de Guarapuava (IHG).

Aliás, suas portas e janelas estão abertas para todos os interessados em historiografia, memória e artes. Como é o caso do projeto Conversas Musicais, que é um convite à visitação dos habitantes da famosa “terra do lobo bravo”.

Nesta quarta-feira (29 maio), às 19h30, a Casa recebe uma edição temática da iniciativa, “Serestas de Outrora”. “Nós trazemos nessas conversas musicais assuntos que envolvam sempre a música, a literatura”, explica uma das integrantes da Alac e do IHG, a professora aposentada Elisabeth Ribas de Quevedo, em entrevista a este CORREIO.

Nesse encontro de abertura, a ideia é abordar o universo das serestas e serenatas, por meio de músicas e da interação com o público presente ao auditório da Casa. Quevedo explica que é uma forma de trazer parte da história cultural, social e artística da cidade.

“As serestas e as serenatas permearam a vida de várias gerações. A sociedade se unia, as famílias se uniam, os casais se encontravam muitas vezes através desses momentos”, acrescenta.

Ainda mais em uma época comemorativa do aniversário de 200 anos da data de 9 de dezembro. Em outras palavras, dos festejos em torno de Guarapuava, uma cidade que chega a seu bicentenário em dezembro de 2019.

Segundo a professora, a história do município não é feita somente da economia ou da política. Centenas de relatos particulares (sociais, familiares etc.) formam esse espaço. “Elas vão se unindo como um mosaico”, explicando que o tempo presente foi construído por meio de muitas histórias do passado.

Elisabeth Ribas de Quevedo conversa com a reportagem do CORREIO sobre o evento desta quarta-feira, na Casa Joaquim Cardoso Teixeira (Foto: Jhonnathan Ferreira)

PROJETO

Elisabeth Ribas de Quevedo informa que o Conversas Musicais é uma iniciativa que já existe há certo tempo em Guarapuava.

Além das discussões e informações, cada encontro incentiva a confraternização entre os convidados (membros da Alac e do IHG junto à comunidade externa) por meio da gastronomia. Aliás, é nesse momento que os participantes compartilham suas experiências.

Para 2019, as reuniões futuras pretendem abordar temas como a história dos clubes sociais de Guarapuava, caso do Rio Branco, Cruzeiro do Sul, Operário e Guaíra. “As pessoas não imaginam quanta história maravilhosa de trabalho, de dedicação que esses clubes também fizeram”.

De maneira geral, o objetivo do Conversas Musicais é de cunho social, cultural e artístico.

CASA

“Uma das propostas das Conversas Musicais é apresentar a Casa [Joaquim Cardoso Teixeira] para a comunidade”, destaca Elisabeth Ribas de Quevedo.

Cedida pelo município em comodato, a Casa foi recuperada para sediar a Alac e o IHG. Mas a edificação histórica é um patrimônio que pertence a todos os guarapuavanos. Por isso, as duas instituições incentivam a presença dos cidadãos a cada evento promovido no local.

“Aqui [a Casa] é um ambiente de arte, de estudo, de intelectuais e de pessoas que desejam discutir assuntos que tenham a ver com história, letras, artes e ciências”, diz Quevedo.

Localizada no Centro de Guarapuava, a Casa Joaquim Cardoso Teixeira é um patrimônio histórico cercado de memórias e do presente (Foto: Arquivo/Correio)

REALIZAÇÃO

Com apoio da Diretoria de Cultura da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro), o projeto Conversas Musicais é uma realização da Alac e do IHG.

SERVIÇO

Aberta a todo público, a edição “Serestas de Outrora” do projeto Conversas Musicais será nesta quarta-feira (29 maio), às 19h30, no auditório da Casa Joaquim Cardoso Teixeira (rua Senador Pinheiro Machado, 1.827, Centro), em Guarapuava.

Após as apresentações, será servido um buffett de sopas (por adesão, R$ 20).

Veja Também