Política

Prefeito de Guarapuava apresenta projeto de Cidade Inteligente no Sudoeste

Guarapuava tem se destacado no cenário das localidades que investem para se tornar uma cidade digital e inteligente
(Foto: Ilustrativa)

O prefeito de Guarapuava, Cesar Silvestri Filho, apresenta as iniciativas tecnológicas do município no 3º Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste Paranaense, que será realizado pela Rede Cidade Digital (RCD) em conjunto com a Prefeitura de Francisco Beltrão, nesta quinta-feira (12), na Amsop. O evento reúne prefeitos, gestores, vereadores e empresários para tratar de inovações tecnológicas na gestão pública.

Guarapuava tem se destacado no cenário das localidades que investem para se tornar uma cidade digital e inteligente. Com cerca de 180 mil habitantes, a “terra do lobo bravo” vem apostando pesado na inovação para se desenvolver, conforme explica o prefeito Cesar Silvestri Filho. "A Prefeitura de Guarapuava estava parada no tempo, por isso estamos investindo na modernização dos sistemas para informatizar a gestão dos cemitérios, das frotas, da ouvidoria, procuradoria, além da implantação de um novo sistema eletrônico de gerenciamento de documentos, o que vai acabar de vez com o famoso arquivo morto", conta o prefeito.

Um dos exemplos é o Aplicativo Fala Saúde, que auxilia os usuários em relação ao agendamento de consultas e o acesso à agenda do setor de especialidades das Unidades Básicas de Saúde. “O Fala Saúde foi criado para ampliar esse diálogo no nosso município. Sem medo da interação e da avaliação dos usuários na área da saúde, o aplicativo nos traz mais transparência e qualidade aos serviços prestados e garante a melhoria contínua do atendimento na saúde”, afirma o prefeito. Além do Fala Saúde, o município desenvolveu o Aplicativo de Serviços Urbanos, onde o munícipe poderá comunicar, através do registro de foto no App, locais onde há buracos na rua, problemas de iluminação pública, entre outras reclamações e sugestões.

As ações de Guarapuava vão desde a inclusão digital, com oficinas gratuitas de smartphones para idosos, aulas de robótica para alunos dos 4º e 5º anos da rede municipal de ensino ao fomento ao empreendedorismo de novas tecnologias, voltados ao design, impressão 3D e robótica, além do Centro de Inovação e Parque Tecnológico.

ILUMINAÇÃO

A Prefeitura de Guarapuava também está trabalhando com o novo projeto de iluminação pública para o município por meio de uma Parceria Público Privada (PPP). A meta, segundo o prefeito, é trocar os 24 mil pontos de iluminação por lâmpadas LED, visando maior economia e eficiência no setor.

“A expectativa é que com essas novas lâmpadas, que têm durabilidade, em média de 15 anos, vamos conseguir uma redução de 60% na conta de iluminação pública de Guarapuava. O projeto também prevê a instalação de 120 câmeras de segurança que serão instaladas nos locais de maior circulação de pessoas e nos locais apontados pela Polícia Militar como pontos de maior criminalidade", explica Cesar Filho que também é vice-presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP) na área temática de concessões e Parcerias Público-Privadas.

FÓRUM

Além de Guarapuava, compartilham modelos em andamento em suas localidades os municípios de Bom Sucesso do Sul, Chopinzinho e Francisco Beltrão. O objetivo, conforme destaca o diretor da RCD, José Marinho, é levar informação sobre a importância da tecnologia no plano de desenvolvimento das cidades por meio da troca de experiências e acesso às soluções de mercado.

As inscrições são gratuitas para servidores públicos e podem ser feitas pelo http://forum.redecidadedigital.com.br. O 3º Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste Paranaense tem o patrocínio da ouro da 1DOC, GOVBR e CTMGEO; e bronze da PlayTable. (Reportagem: Assessoria).

SERVIÇO

3º Fórum de Cidades Digitais do Sudoeste Paranaense

Quinta-feira (12), em Francisco Beltrão

8 horas / Auditório Amsop

Inscrições gratuitas para servidores públicos, AQUI

Informações pelo [email protected] ou pelo (41) 3015-6812