Guarapuava, 15 de dezembro de 2019
Segurança

De acordo com a Polícia Militar (PM), Carol Baroni dos Santos (25 anos) foi morta a facadas pelo marido (32 anos), que fugiu no local após o crime; o corpo da vítima será sepultado hoje (19), às 17h, no Cemitério Municipal Santo Antônio

-

O Instituto Médico-Legal (IML) de Guarapuava identificou a vítima do feminicídio ocorrido na tarde desta segunda-feira (18), na localidade de Cachoeira em Candói.

De acordo com a Polícia Militar (PM), Carol Baroni dos Santos (25 anos) foi assassinada a facadas pelo marido (32 anos), que fugiu do local após o crime.

A equipe policial foi acionada por socorristas da Saúde Municipal, que informaram que a vítima havia sido lesionada pelos golpes de arma branca, e foi encontrada caída em frente de sua residência. Na sequência, os profissionais da saúde confirmaram o óbito.

O local foi isolado por órgãos responsáveis, e o corpo foi recolhido pelo IML de Guarapuava, onde deu entrada por volta de 21h55.

Segundo informações de populares, o autor do crime foi visto correndo há aproximadamente 5 quilômetros da residência, todo ensanguentado, portando uma faca e apresentando ferimentos pelo corpo, afirmando que tiraria sua própria vida.

A equipe policial fez buscas no local em que o autor foi visto, entretanto, ele não foi localizado.

O corpo de Carol já está sendo sepultado em Guarapuava, no Centro Comunitário Rouxinol. O sepultamento ocorre hoje (19), às 17h, no Cemitério Municipal Santo Antônio.

Veja Também