Guarapuava, 14 de novembro de 2019
Cotidiano

Este ano, o Programa de Avaliação Continuada da Unicentro teve 6.424 inscritos no total

-

Para ingressar em um curso de nível superior é preciso, primeiro, ter determinação na hora de estudar para as provas dos processos seletivos das universidades.

A estudante do segundo ano do Ensino Médio (EM) Manuela Vigineski Salles (16 anos) sonha cursar Medicina. Neste domingo (20 outubro), ela deu um passo a mais em busca desse objetivo – a adolescente fez a prova da segunda etapa do PAC, que é o Processo de Avaliação Continuada da Universidade Estadual do Centro-Oeste (Unicentro).

“Eu sinto que me preparei melhor pra esse ano. Mas no ano passado também tirei uma nota boa e estou confiante”, compartilhou a jovem. Enquanto a Manuela fazia a prova do PAC, a mãe Andrea Vigineski ficou torcendo e aguardando a filha terminar o exame. “Desde os 4 anos, ela sempre falou que queria ser médica. Eu vejo ela estudando bastante, desde pequena ela sempre foi bem estudiosa”, comentou Andrea.

O PAC é uma das formas de ingresso para os cursos de graduação da Unicentro, além do Vestibular e do Sisu. “Para o PAC é reservado 10% das vagas totais da Unicentro”, explica a coordenadora de Processos Seletivos da universidade, Maria Aparecida Mores.

No PAC, os candidatos fazem as provas em três etapas – uma no primeiro, outra no segundo e a última no terceiro ano do Ensino Médio. “O candidato faz as provas em três etapas, com os conteúdos referentes à série em que ele está matriculado no Ensino Médio”, complementa o chefe da Divisão de Processos Seletivos do campus Irati, Edson Golinski.

Quanto à escolha de curso, o candidato só precisa decidir ao se inscrever para o PAC III. Segundo Maria, esse formato proporciona mais chances ao candidato de ir bem nos exames. “Esse processo permite a recuperação de notas, ou seja, se o candidato não foi bem na primeira etapa, ele ainda tem mais etapas para melhorar o seu desempenho e para compor a nota”, contextualiza a coordenadora.

CONFIANÇA

O estudante do terceiro ano do EM, Luiz Pedro Tavares, fez a prova da última etapa do PAC e comentou que, apesar das dificuldades que teve nos anos anteriores, está confiante que vai conseguir uma vaga no curso de Fisioterapia da Unicentro. “Mesmo indo um pouco mal no primeiro PAC, eu espero conseguir uma nota boa, avançar pra faculdade e me tornar um profissional de boa qualidade”, finalizou.

De acordo com alguns candidatos, o PAC também pode funcionar como uma espécie de treinamento para o Vestibular. “É uma experiência pra fazer um teste, pra eu não ficar muito nervosa nos próximos processos seletivos que eu for fazer”, disse a candidata do PAC I, Bianca Brustulin.

INSCRITOS

Este ano, o Programa de Avaliação Continuada da Unicentro teve 6.424 inscritos no total. A concorrência do PAC para as vagas da Unicentro foi mais ou menos parecida com a do Vestibular. Medicina é o curso mais concorrido com 17,33 candidatos por vaga, seguido de Medicina Veterinária com 13,20 candidatos por vaga e Psicologia com 12,33 pessoas concorrendo a cada uma das vagas deste processo seletivo da Unicentro.

O resultado do PAC está previsto para ser divulgado em 8 de novembro, pelos canais oficiais da Unicentro.

Veja Também