Guarapuava, 24 de junho de 2019
Cotidiano

Conforme a programação, três eixos serão debatidos: alimentação como princípio de existir; desafios e possibilidades na construção da política pública; e a geografia da fome e o desperdício de alimentos

-

Nesta quinta-feira (13), a comunidade guarapuavana discutirá a ampliação e o fortalecimento dos compromissos políticos para promover a soberania alimentar, na IV Conferência de Segurança Alimentar e Nutricional.

A partir das 8h, o salão Nobre Embaixador José Osvaldo de Meira Penna, no Centro Universitário Campo Real, sediará as discussões sobre o tema Comida no campo e na cidade: o que temos e o que queremos.

Conforme a programação, três eixos serão debatidos: alimentação como princípio de existir; desafios e possibilidades na construção da política pública; e a geografia da fome e o desperdício de alimentos.

“Temos o dever de garantir este direito humano para todos e incluir a sociedade em debates sobre questões alimentares”, lembrou a secretária executiva dos conselhos, Jeane Ramos Silvério Garcia, da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social. 

Durante a conferência, haverá a eleição de conselheiros não governamentais para a próxima gestão do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional.

“A integração de todos nestas discussões é fundamental para ampliarmos, com qualidade, nosso alcance à população”, destacou a representante do Conselho Municipal da Sociedade Civil, Lucinéri Vandresen Schuaigert. 

Veja Também