Guarapuava, 15 de setembro de 2019
#curta!

Estado iniciou o processo de informações de fanfarras e bandas marciais. Ideia é identificar e reunir os grupos musicais formados em escolas, igrejas e comunidades de todas as cidades paranaenses, incentivar a cultura regional e a formação musical no Estado

-

Fanfarras e bandas marciais de todo o Estado podem participar do primeiro Festival de Fanfarras do Paraná, que vai identificar e reunir os grupos musicais formados em escolas, igrejas e comunidades de todas as cidades paranaenses. A ideia, proposta pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, é incentivar a cultura regional e a formação musical no Estado.

Informações podem ser obtidas pelo e-mail [email protected] O competidor precisa enviar o nome da fanfarra que representa, a cidade, o número de integrantes e o contato telefônico atualizado.

A Secretaria de Estado da Comunicação Social e da Cultura fará etapas regionais para selecionar as melhores fanfarras, que participarão da fase final do festival, em Curitiba. A proposta é trabalhar junto com os municípios e as instituições que representam os grupos musicais para formatar o festival e estabelecer os critérios de seleção.

“O mais importante é fazer desse encontro uma grande festa, uma confraternização cultural e musical. A fanfarra é uma expressão popular muito forte no Brasil, um elemento cultural e de formação musical muito importante nas cidades”, afirma o secretário da Comunicação Social e da Cultura, Hudson José. “Queremos identificar e, ao mesmo tempo, fazer uma homenagem à participação das fanfarras na cultura do Paraná”, destaca.

CONVIDADOS

Enquanto fanfarras iniciantes e amadoras podem concorrer no festival, grupos consolidados, como as bandas do Exército e da Polícia Militar, serão convidados para se apresentar nos eventos regionais e estadual. “Nosso objetivo é integrar as fanfarras de igrejas, escolas, comunidades e eventualmente as municipais, mas que tenham participação popular, para colocar todos em um mesmo nível de participação”, explica Hudson José.

As etapas regionais e a estadual estão previstas para acontecer entre outubro e dezembro deste ano, com desfiles nas ruas abertos à comunidade, integrando as regiões. “É importante que mesmo as fanfarras profissionais entrem em contato conosco para que elas também participem da festa. Queremos fazer uma grande celebração, um desfile nas ruas para as pessoas irem torcer pelos seus familiares e aproveitarem para ter um momento de lazer com boa música”, completa o secretário.

Veja Também