Guarapuava, 15 de setembro de 2019
#curta!

O evento conta com a participação de diversas entidades e instituições da cidade, e busca homenagear os dois séculos de história da famosa “terra do lobo bravo”

-

A história do antes e do depois guarapuavanos: os 200 anos do município já estão sendo comemorados na cidade por meio de diversas atividades, e no desfile cívico, organizado no dia 7 de setembro, a ideia é homenagear mais um centenário de Guarapuava, repleto de marcos históricos.

A participação vai ser coletiva, tendo a presença de estudantes, professores, funcionários, empresários, civis, militares e figuras públicas do município. As inscrições para a participação foram prorrogadas, devido a grande procura dos participantes. Elas se encerram na noite desta quarta-feira (21), às 23h55, e o regulamento pode ser conferido pelo site (CLIQUE AQUI).

Com o tema “Minha cidade tem história”, a programação para o desfile deste ano se inicia às 8h, podendo ter até três horas e meia de duração.

Todas as instituições envolvidas na ação devem estar de acordo com o tema. “As escolas devem estar alusivas à história de 200 anos, onde nós queremos retratar a cidade em décadas, fazendo um comparativo da Guarapuava de ontem e de hoje, em prol de uma construção dessa história coletiva”, afirma a secretária de educação e cultura municipal Doraci Senger Luy.

ORGANIZAÇÃO

A participação da Prefeitura Municipal integra, novamente, os serviços de diversas secretarias para a execução do evento. Segundo dados de Doraci, então envolvidas na atividade aproximadamente 200 servidores municipais, que têm auxiliado no planejamento da data comemorativa.

“Este ano, todas as programações estão envolvidas no aniversário da cidade, de uma forma construtiva, de uma forma mais lúdica. É um trabalho realizado por todas as secretarias do município, cada uma com suas ações específicas”, afirma a secretária.

Dentro das escolas, a participação foi incentivada desde o início do ano. As instituições que apresentam suas próprias fanfarras já estão sendo ensaiadas e sincronizadas. Além disso, o desfile vai contar com a presença dos participantes da banda municipal, que fazem os ensaios nas instituições juntamente com os instrutores.

De acordo com Luy, cada eixo envolvendo a temática vai ser trabalhado entre três a quatro escolas. “As escolas estão reunidas em grupos de três ou quatro, escolhendo uma década, e vão fazer coletivamente o trabalho de desenvolver e preparar os ensaios, figurinos e criatividade, representando a nossa história”.

A secretária de educação e cultura municipal Doraci Senger Luy (Foto: Ágata Neves)

TRAJETO

O formato segue o mesmo já tradicional no município. O ponto de encontro é na esquina das lojas Pernambucanas, no cruzamento das ruas XV de Novembro e Getúlio Vargas, seguindo o trajeto até o Colégio Visconde de Guarapuava.

A Polícia Militar (PM), juntamente com a Secretaria de Trânsito (Setran), vai ficar responsável pela fiscalização e manutenção das vias públicas. Logo que o esboço do desfile estiver definido, dependendo do número de participantes do evento, o trajeto por onde os participantes vão passar estará melhor organizado.

O trajeto segue o mesmo já tradicional no município (Foto: Arquivo/Secom)

COMEMORAÇÃO

A ideia de comemorar de modo temático não está fixa apenas ao desfile cívico do Dia da Independência. Desde o fim do ano passado, todas as secretarias municipais definiram atividades a serem desenvolvidas em prol de dar destaque para a comemoração do aniversário de Guarapuava.

Ao longo do ano, a programação vai buscar dar valor e ressignificar o contexto histórico, cultural, patrimonial e social do município, para que no dia 9 de dezembro, aniversário da cidade, uma mostra de todo o trabalho seja trazida para a comunidade.

Veja Também