Guarapuava, 17 de December de 2018
Esporte

Com cinco rodadas completas, clube de Ponta Grossa ganhou todas as partidas e já está classificado para a próxima fase da competição estadual. O Fantasma será o adversário do Batel na última rodada, dia 25 de março

-
(Foto: José Tramontin/Ofec)

Único time com 100% de aproveitamento dos pontos, o Operário Ferroviário “passeia” pelo Campeonato Paranaense da Segunda Divisão 2018. Último adversário da Associação Atlética Batel (AA Batel) na primeira fase, em 25 de março, o clube de Ponta Grossa soma 15 pontos e acumula saldo de 12 gols.

De times fracos, como Portuguesa Londrinense, aos favoritos, caso de PSTC e Rolândia Esporte Clube (REC), o Fantasma passou como um verdadeiro rolo compressor, sem tomar conhecimento. Não por sinal, os operarianos fizeram três placares acima de 4 gols cada e já estão classificados para a fase decisiva do certame estadual.

Não por sinal, o clube ponta-grossense é o “favoritaço” ao título da Segundona, o que dá o acesso à elite do futebol paranaense em 2019. Assim, das duas vagas disponíveis para o passaporte, uma delas já é praticamente certa para o Operário.

Claro que isso precisa se confirmar em campo. Mas, pelo aproveitamento do time alvinegro, são grandes as chances de terminar a primeira fase em 1º lugar. Até o final do turno único, o Operário tem pela frente, na ordem: Cascavel CR (em 4º lugar), Atlético Clube Paranavaí (em 3º lugar), Independente São Joseense (2º lugar) e Batel (6º lugar).

Talvez não mais com 100% de aproveitamento, pois o Vermelhinho do Noroeste e o clube de São José dos Pinhais devem fazer um confronto mais equilibrado e vender caro uma possível derrota/empate.

Nesse sentido, o rubro-negro da Baixada pode tirar pontos do Fantasma de Vila Oficinas. Até a última rodada, o time comandado pelo técnico batelino Marcelo H. do Ó tem tudo para fazer os ajustes finais e chegar tinindo. O único problema é que esse jogo será no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa.

ESTRUTURA

Em preparação desde o ano passado, o Operário tem um time montado para disputar a Série C do Campeonato Brasileiro. Talvez por isso, o clube esteja tão à frente de seus rivais no Paraná.

Curiosamente, em 2017 o clube ponta-grossense teve um ano esquisito. No primeiro semestre, a disputa da Divisão de Acesso do Paranaense. As coisas se encaminhavam bem até a segunda fase, quando não conseguiu os pontos necessários para se classificar à semifinal.

Desse modo, o campeão paranaense de 2015 frustrou seus torcedores, que esperavam o retorno rápido à elite.

Já no segundo semestre, a história foi outra. De maneira inédita, os operarianos conquistaram o título da Série D do Campeonato Brasileiro.

FASE

No entanto, é bom o Operário não cantar vitória antes do término da Segundona 2018. Na segunda fase, os oito clubes classificados serão divididos em dois grupos, com turno e returno.

Classificam-se para a grande decisão o primeiro colocado do Grupo I e o primeiro colocado do Grupo II, considerados os resultados exclusivamente obtidos nesta fase.

BATEL

Depois de uma semana de trabalho, o Batel volta a campo neste domingo (11), às 15h30, em Apucarana, no Estádio Mun. Olímpio Barreto. O adversário é o lanterninha da competição: Portuguesa Londrinense.


Veja Também