Guarapuava, 24 de junho de 2019
Esporte

O campeonato estadual tem somente mais duas rodadas na 2ª fase para definir os quatro classificados às semifinais. Por enquanto, o Rubro-Negro da Baixada ocupa a 4ª posição no Grupo C; e o Tigre da Serra em 3º lugar no Grupo B

-

Terminada a 1ª rodada do returno, a 2ª fase da Divisão de Acesso 2019 já começa a conhecer os times com mais chances de classificação.

Nessa etapa do campeonato, os participantes estão divididos em dois Grupos (B e C), com jogos entre si, em turno/returno. Ao final, apenas os dois primeiros colocados de cada chave avançarão para as semifinais.

No Grupo C, a Associação Atlética Batel (AA Batel) continua em último lugar (4 pontos), mas ainda com chances matemáticas de beliscar uma das vagas.

Neste domingo (9 junho), o Rubro-Negro deu um passo importante na reta final da 2ª fase. Jogando em seus domínios, no Estádio Waldomiro Gelinski, a equipe comandada pelo técnico Maycon Alex venceu o Rolândia Esporte Clube (REC), pelo placar de 2 a 1.

O experiente lateral Lúcio marcou os dois gols, ambos de falta: um no primeiro tempo (aos 33 minutos) e outro na etapa final (17 minutos), vencendo o experiente goleiro Ednaldo do REC. “As duas cobranças foram ‘a la futvôlei’”, classificou Lúcio, explicando que se inspirou nesse esporte para as duas batidas. “Botei ali mesmo no montinho, e fiz que nem um ‘saque’”. Segundo ele, a falta de grama em várias partes do campo do WG obrigou a adaptar sua cobrança de falta.

ADVERSÁRIOS

Mas, para o Batel ainda sonhar com a classificação, precisa vencer as duas próximas partidas: Apucarana Sports, no fim de semana seguinte; e CE União, no dia 23 de junho. Ambas serão fora de casa.

Caso dê tudo certo, o Rubro-Negro chegaria no máximo a 10 pontos. O problema é que os outros três clubes do Grupo C estão à frente dos guarapuavanos, na pontuação.

Em 1º lugar, o Apucarana está muito próximo da classificação, pois tem 9 pts e basta apenas uma vitória para se garantir nas semifinais.

Já o União estacionou nos 6 pts e está na descendente. É mais provável que o REC (4 pts) ou o Batel consigam ultrapassá-lo na próxima rodada. Aliás, o Rolândia tem confronto direto com o time de Francisco Beltrão.

No Grupo B, o Prudentópolis briga pela segunda vaga, pois a outra já foi conquistada pelo PSTC (Foto: Arquivo Pessoal/Prudentópolis)

GRUPO B

Do outro lado, o Grupo B tem uma das vagas garantidas para o PSTC Procopense.

Depois de uma sequência de três vitórias seguidas na 2ª fase, a equipe do Norte empatou em casa na 1ª rodada do returno e está hoje com 10 pontos. Mas, segundo o clube, isso é suficiente para carimbar uma das vagas às semifinais.

Agora, a briga é entre Prudentópolis (4 pts), Nacional Atlético Clube (4 pts) e Independente São Joseense (3 pts) pela última vaga. É mínima a diferença entre eles.

Chama atenção a trajetória do Nacional, que terminou na lanterna da chave ao final do primeiro turno da 2ª fase. Mas, com a vitória em cima do Prude na abertura do returno, pulou para a 2ª posição.

Veja Também