Retomada do crescimento: Programa Emprime já atendeu mais de 700 empresas

Após quatro meses, o programa já atendeu 734 empresas, dentro de quatro eixos: Fortalece, Fomenta, Inova e Simplifica

Lançado no começo de julho, o Programa Emprime surgiu de uma visão conjunta da Prefeitura de Guarapuava e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) para realizar ações que auxiliem o empreendedor no desenvolvimento de soluções atuais e futuras, provocando a retomada econômica.

Após quatro meses, o programa já atendeu 734 empresas, dentro de quatro eixos: Fortalece, Fomenta, Inova e Simplifica. 

Para Ana Cláudia Klosouski, coordenadora do Emprime, o programa tem sido extremamente importante para criar um ambiente favorável aos empreendedores de Guarapuava. 

“O programa foi super bem aceito e, por isso, atingimos esse grande número de atendimentos em apenas 4 meses, através de uma força tarefa gigante, onde todos os 15 projetos do Emprime são tocados simultaneamente, demonstrando uma grande união de forças entre a Prefeitura e o Sebrae, para desenvolvermos um ambiente favorável para os empreendedores”, conclui Ana.

De acordo com Sávio Denardi, secretário de Desenvolvimento e Inovação, o Emprime tem sido ponto chave no desenvolvimento econômico da cidade, desde o lançamento. 

“Em todos os aspectos, o Emprime tem impulsionado a economia guarapuavana. Poder oferecer o apoio através de todos os eixos, foi a luz de muitos empreendedores, principalmente durante a pandemia, é algo que deve auxiliar ainda mais os empreendedores do município nos próximos anos”, esclarece o secretário. 

HISTÓRIAS DE TRANSFORMAÇÃO

Rhullyann Klynsmann tem uma empresa de produtos automotivos. No Fortalece Retomada, ela recebeu o auxílio na área financeira. 

“O programa foi muito importante para meu negócio, pois  através dele consegui fazer um reajuste de planilhas de gastos como, compras, vendas, retiradas da empresa. Hoje, após 2 meses, estou próximo do objetivo do programa que era a organização financeira da empresa”, declarou.

Já no eixo Inova, nos projetos Inside e Journey foram atendidas 215 empresas e mais 27 participantes dentro do Inova Park, projeto que visa impulsionar futuros empreendedores com negócios baseados em tecnologia. 

Luciane Marcato foi uma das participantes do Inova Journey e conta que, devido às dificuldades sofridas durante a pandemia, ela precisou de auxílio para expandir a marca. “O Emprime e o Inova Journey foram uma luz no fim do túnel para mim. Todo processo que ainda estou passando tem me deixado muito satisfeita com aquilo que está sendo desenvolvido dentro do meu negócio. Eu acredito que esse tipo de ajuda é essencial para todas as empresas guarapuavanas”, contou.

No eixo Fomenta, que busca facilitar o acesso aos créditos com redução de juros, foi liberado R$ 1.004.550,00, por meio do Fomenta Paraná e cerca de 4 milhões em cartas de crédito para 114 empresas no Fomenta SGC. Katiele Reis diz que o programa deu segurança para ela investir na ampliação dos negócios.  

“O programa veio na hora certa. Precisávamos comprar máquinas e equipamentos novos e a instabilidade do mercado me travava, pois eu não tinha segurança para fazer tal investimento, com o programa conseguimos comprar máquinas novas. Nossa produção aumentou e otimizamos o tempo em produção também, além de oferecer um ótimo prazo para pagamento, nos dando ainda mais segurança nas finanças da empresa”, destacou.

No Simplifica, a equipe busca a  simplificação das leis. O Simplifica Fórum oferece soluções para problemas burocráticos, ajudando na abertura de empresas.