Brasil bate recorde com maior navio de soja do mundo e Coamo tem carga embarcada

A carga saiu por correias transportadoras de quatro terminais diferentes que compõem o Corredor de Exportação para os porões do navio

O Brasil bateu o recorde com o maior embarque de farelo de soja em um único navio de sua história. A embarcação graneleira panamenha Pacific Myra foi carregada no Porto de Paranaguá (PR) e tem capacidade para carregar até 180 mil toneladas de granéis sólidos. A carga saiu por correias transportadoras de quatro terminais diferentes que compõem o Corredor de Exportação para os porões do navio. Pelo terminal Coamo foi carregado o maior volume, 37.327 toneladas.

O navio tem 292 metros de comprimento (loa) e 45 metros de largura (boca). A embarcação vai levar para a Holanda 108.577 toneladas do produto. Ele atracou no último sábado (10), por volta das 17 horas e zarpou na quarta-feira (14).

O diretor-presidente da Portos do Paraná, Luiz Fernando Garcia, lembrou que ele completa uma evolução que vem desde o ano passado. Em junho de 2020 foram carregadas 102,2 mil toneladas em um único navio, o Pacific South. Um mês depois, em julho, foram 104,2 mil toneladas embarcadas no E.R Bayonne. “Agora estamos embarcando mais de 108,5 mil. Todos no mesmo berço. Estamos nos superando a cada novo grande embarque, e conseguindo carregar cada vez mais, com segurança e eficiência”, afirmou.

Ainda segundo Teixeira, os custos envolvidos nessas operações são relativamente menores na comparação com navios de médio porte. “Estamos carregando praticamente o dobro de carga em um único navio”, completou.

Ele destacou, ainda, que a operação envolveu um planejamento diferenciado da Portos do Paranaguá. São necessárias manobras como a puxada e o giro do navio, para que todos os porões sejam carregados com segurança.

******Fonte: Agrolink