5 dicas do que você precisa saber para fechar um bom negócio na troca de carro em 2022

Especialista afirma que é necessário um planejamento para evitar agir por impulso diante das oportunidades

O que acha de começar 2022 com um carro novo na garagem? Por conta dos impactos da pandemia, o mercado automotivo teve que paralisar a produção dos zero quilômetros devido à falta e a consequente alta no custo de matérias-primas. Na prática, esse contexto resultou na valorização dos automóveis usados e seminovos, o que faz deste um ótimo momento para a troca de carros.

De acordo com Daniel Abbud, fundador e CEO da Dryve, plataforma digital que por meio da sua rede exclusiva de agentes autorizados oferece produtos e soluções automotivas ao cliente final, fechar um bom negócio é sinônimo de planejamento em vez de simplesmente agir por impulso diante das oportunidades. Desta maneira, o executivo reuniu as cinco principais dicas que devem ser levadas em consideração na hora da troca de um carro. Confira abaixo:

DEFINA O SEU OBJETIVO
O primeiro passo para ter sucesso na mudança de um automóvel é ter em mente o seu objetivo final. Ou seja, é preciso definir o modelo de interesse. Nesta etapa, uma ótima sugestão é refletir sobre as reais necessidades que o motivam a realizar essa troca. Outro ponto importante é pensar no seu perfil como motorista. Para uma pessoa solteira, por exemplo, um tipo compacto e econômico pode ser uma alternativa. Já para uma família com filhos pequenos, o modelo deve ser mais espaçoso e com mais acessórios de segurança.

PRIORIZE O ORÇAMENTO
Atualmente, a aquisição e manutenção de um veículo é uma das razões que leva o brasileiro ao endividamento. Portanto, além de refletir sobre o estilo de vida durante a troca de um carro, é necessário procurar não comprometer o orçamento. Neste caso, um modelo que apresenta um bom custo benefício à primeira vista na verdade pode gerar outras despesas a médio e longo prazo que exigem uma atenção especial. Antes de fechar o negócio, é importante avaliar questões como preço do seguro, IPVA, facilidade de encontrar peças, manutenção e consumo do combustível.

PESQUISE!
Depois de definir as suas preferências, vem a etapa da pesquisa a fim de encontrar as melhores ofertas. Nesta fase, uma dica para otimizar o tempo sem pecar na assertividade do processo é ir em busca de marketplaces do setor automotivo. Estas plataformas costumam reunir milhares de anúncios em um único local, que já foram até mesmo filtrados para evitar a ocorrência de golpes.

INFORME-SE SOBRE O HISTÓRICO DO VEÍCULO À VENDA
Durante a troca de um carro, é fundamental se informar sobre o histórico do veículo em que se tem interesse. Confira se houve revisões, troca de peças, batidas, acidentes e acionamento do seguro, que são imprescindíveis para entender as condições de funcionamento do carro a ser adquirido e prever problemas futuros.

VALORIZE O SEU AUTOMÓVEL
Para não ter o carro usado desvalorizado no momento da revenda, é necessário que todas as revisões e manutenções preventivas tenham sido feitas. Com o veículo bem cuidado, a avaliação feita pelo possível comprador será otimizada. Aqui, também é importante cuidar da aparência e interior do veículo, visto que a primeira impressão é decisiva. Para alcançar a melhor avaliação possível, é fundamental que o carro esteja limpo, sem riscos e amassados, além de pneus novos.