Produtor rural de Guarapuava tem até 31 de janeiro para fazer devolução das notas fiscais

De acordo com a Prefeitura, Guarapuava possui mais de 23 mil notas pendentes para devolução

Os produtores rurais de Guarapuava têm até o dia 31 de janeiro para regularizar as notas do produtor. A prestação de contas é obrigatória. Após esse prazo, haverá uma multa de R$ 116,00 por cada nota não entregue, além do cancelamento do Cadastro de Produtor Rural, CAD/PRO do Estado do Paraná.

“É importante para o produtor essa devolução porque impede transtornos futuros de reativação do cadastro para os produtores, além de evitar a multa recebida. E não é necessário o titular do cadastro fazer a entrega dos documentos, o vizinho ou até o amigo pode fazer a entrega, o importante é entregar”, explicou Ueudes Mota, Diretor de Departamento Nota do Produtor da Secretaria de Finanças.

Guarapuava possui mais de 23 mil notas pendentes para devolução até 31 de janeiro. Após a data limite, além da multa e do cancelamento do cadastro, o produtor também ficará impossibilitado de emitir IPVA, de fazer concessões de novos cadastros junto ao Estado. A inadimplência acarreta também perda da parceria nas agropecuárias com o CAD/PRO, além de ser necessário refazer o cadastro como produtor. 

A entrega das notas deve ser feita no Departamento de Nota do Produtor, anexo à rodoviária de Guarapuava, na Av. Sebastião de Camargo Ribas, 2301 – Bonsucesso, Guarapuava.

***Secom/Pref. de Guarapuava