Conferência Guarapuava 2035 vai discutir propostas para o futuro da cidade

A programação da Conferência Guarapuava 2035 ocorrerá em diferentes locais e formatos

“Um polo de desenvolvimento tecnológico e um ambiente de inovação que promova mais qualidade de vida”, essa é a visão de cidade que os organizadores da Conferência Guarapuava 2035 querem transformar em metas e ações a serem concretizadas com a participação da sociedade civil. “Em conjunto com várias instituições, através do protagonismo colaborativo entre empresas, entidades e o poder público, queremos elevar do perfil tecnológico e socioeconômico da cidade e da região, a partir da inovação. É a sociedade que está se organizando para promover essa transformação com metas bem definidas e foco nos resultados a médio prazo,” declarou Claudia Crisóstimo, vice-presidente do Fórum de Ciência, Tecnologia e Inovação.

O evento inicia na próxima terça-feira (19), às 19h, no espaço Fiori, com a palestra É hora de Pensar, Planejar e Construir o Futuro de Guarapuava, com Júlio Agostini, Diretor de Operações do Sebrae/PR (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). Ao todo, serão 50 dias com palestras e atividades voltadas para a elaboração de ideias e propostas nas áreas de Ecossistema e Políticas Públicas de Inovação, Educação para o Empreendedorismo e a Cidade da Próxima Geração. As atividades serão promovidas por mais de 30 entidades e destinadas para todos os segmentos da sociedade (moradores, empresários, acadêmicos, incluindo especialistas em tecnologia, etc.).

De acordo com Agenor Felipe Krysa, consultor do Sebrae, a conferência ajudará no compartilhamento de ideias e informações que permitam construir o caminho para que Guarapuava atinja um novo patamar de desenvolvimento. “Nosso objetivo é envolver toda a sociedade nas discussões em torno dessa visão de futuro trazida pelo Fórum de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dessa forma, conseguiremos elaborar projetos e ações que sejam implementados nos próximos anos, dentro desse ambiente inovador que já existe na cidade”, disse.

Após o encerramento da conferência, será lançado um livro com propostas e direcionamentos que contribuam efetivamente para a nova economia, tendo a inovação como propulsora e envolvendo as empresas, instituições de ensino, poder público e a comunidade em geral. “A meta com essa organização é dar mais rapidez também as tomadas de decisão que influenciam diretamente na vida das pessoas. Por exemplo, nós vamos discutir com o Município, a Câmara de Vereadores e Governo do Estado e propor o aperfeiçoamento das leis. Em outras áreas também, cada segmento buscará uma forma mais rápida e efetiva de materializar o que desejamos para o futuro de nossa cidade, dando passos nessa direção”, explicou Ana Cláudia Klosouski, coordenadora do programa EMPRIME, da secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação, da Prefeitura de Guarapuava.

Inscrições
A programação da Conferência Guarapuava 2035 ocorrerá em diferentes locais e formatos (presencial, online e híbrido). Para fazer a inscrição nos eventos, é necessário baixar o aplicativo da CG 2035, disponível nos sistemas Android e IOS. Além da agenda completa, o participante tem acesso à noticiais, fotos e conteúdos exclusivos. Outras informações podem ser obtidas pelo Whatsapp (42) 3626 7228.

Pré-lançamento
Na manhã desta segunda-feira (11), foi feito um pré-lançamento da CG 2035, no Sebrae, para os veículos de imprensa da cidade, com a presença do Secretário Municipal de Comunicação Leonardo Rauen. No encontro, foi destacada a atuação dos meios de comunicação para integração da sociedade. “A imprensa tem um papel muito importante na difusão dessas informações positivas a respeito da cidade, ao ajudar a mostrar que a participação de todos os agentes sociais contribui para a melhoria da qualidade de vida e o desenvolvimento de nossa sociedade.”, afirmou Eloi Mamcasz, membro do Fórum de C, T &I, e um dos organizadores da conferência.